NFL

New England Patriots dispensa o wide receiver Jordan Matthews

Jordan Matthews, wide receiver da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O wide receiver Jordan Matthews, que machucou o músculo posterior da coxa direita no treino do New England Patriots no último domingo (29), foi dispensado pelo time de maneira oficial depois de colocado na injured reserve.

O iminente corte do jogador pela franquia de Foxborough foi noticiado em primeira mão nesta quarta-feira (1) pelo jornal ‘Boston Globe’ e confirmado pelos jornalistas Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

Como ele estava lesionado, os Patriots primeiro colocaram Matthews na injured reserve e, em seguida, chegaram a um acordo de lesão com o recebedor, o que lhe permite jogar mais adiante nesta temporada, caso ele fique saudável.

Matthews assinou um contrato de um ano de duração com os Pats, com valor de US$ 1 milhão (US$ 300 mil garantidos), em abril e estava competindo por uma vaga de destaque no grupo de wide receivers, que é liderado por Julian Edelman e Chris Hogan.

Com Edelman sendo obrigado a cumprir uma suspensão de quatro jogos no começo da temporada 2018 devido a uma violação da política de substâncias para melhoria de desempenho, havia ainda mais chances de Matthews cavar a sua vaga no elenco.

Matthews teve um bom treino no sábado e até recebeu um passe para touchdown lançado pelo quarterback Tom Brady, mas o wideout sofreu a lesão no dia seguinte e o problema físico atrapalhou seus planos.

A lesão de Matthews também parece ter sido decisiva na decisão dos Patriots de trazer o free agent Eric Decker para um teste nesta semana.

Os Patriots têm Edelman e Hogan no topo do grupo de WRs, com Cordarrelle Patterson também sendo projetado para ficar no elenco, como retornador de kickoffs e também como auxiliar na cobertura de punts. Não se sabe o quanto Patterson será utilizado no ataque, já que New England tem Phillip Dorsett ganhando espaço nos treinos e ganhando boas repetições, entre outros.

O time também tem Kenny Britt, veterano com 10 anos de experiência na liga, ainda que ele esteja afastado no começo do campo devido a uma lesão no músculo posterior da coxa. Malcolm Mitchell também segue sofrendo com seu problema no joelho.

Braxton Berrios, selecionado na sexta rodada do draft deste ano, o também calouro Riley McCarron, além dos desconhecidos Devin Lucien e Paul Turner, completam o grupo de recebedores.

Matthews havia expressado empolgação nesta offseason por ter a oportunidade de vestir a camisa dos Patriots, depois de passar os primeiros três anos de sua carreira no Philadelphia Eagles e a temporada passada no Buffalo Bills.

Como free agent, ele também visitou Green Bay Packers, Arizona Cardinals e Tennessee Titans, mas ele optou por fechar com os Patriots por ver a organização como o melhor lugar para ele crescer como jogador e homem.

Atualmente com 26 anos de idade, Matthews disputou apenas 10 jogos pelos Bills em 2017, depois de ser adquirido pelo time em agosto, em troca com os Eagles.

Ele sofreu uma pequena fratura no esterno, logo no primeiro treino do training camp dos Bills, e posteriormente fraturou o polegar na semana 4 da temporada regular, perdendo um jogo devido à lesão. O wideout também perdeu um jogo em novembro por causa de uma lesão no joelho que, mais tarde, o levou a ser colocado na injured reserve.

Assim, Matthews fechou a temporada 2017 com 25 recepções para 282 jardas e um touchdown, piores marcas de sua carreira na NFL.

Selecionado pelo Philadelphia Eagles na segunda rodada do draft de 2014, com a 42ª escolha geral, Jordan Matthews soma 250 recepções para 2.955 jardas e 20 touchdowns em 56 jogos de temporadas regulares na carreira até o momento.

Comments
To Top