NFL

New England Patriots contrata wide receiver Cameron Meredith; veja mais transações

Cameron Meredith, wide receiver da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O New England Patriots contratou o wide receiver Cameron Meredith, que se tornou um free agent quando o New Orleans Saints o dispensou, na última segunda-feira.

A chegada do wideout foi confirmada pelos Pats de maneira oficial na noite desta sexta-feira (2). A organização de Foxborough colocou o recebedor na lista de ativos/sem condições físicas de desempenhar (PUP list), o que significa que ele ainda não foi liberado para treinar, mas pode ser ativado a qualquer momento.

Meredith disputou seis jogos com a camisa dos Saints em 2018, fazendo nove recepções para 114 jardas e um touchdown.

Os Patriots estão com uma competição aberta pelas vagas de wide receiver além de Julian Edelman e o calouro N’Keal Harry, selecionado na primeira rodada do draft, que são atualmente os dois principais nomes na posição.

Nos últimos treinamentos do training camp, o free agent não draftado Jakobi Meyers (NC State) recebey algumas repetições no time titular, o que evidencia ainda mais como a equipe de Bill Belichick está com tudo em aberto no grupo de WRs.

Atualmente com 26 anos de idade, Meredith teve uma temporada muito boa com a camisa do Chicago Bears em 2016, fazendo 66 recepções para 888 jardas e quatro touchdowns. Contudo, ele rompeu o ligamento cruzado anterior e outros ligamentos do joelho na pré-temporada em 2017.

No ano passado, ele foi contratado pelos Saints como free agent. Entretanto, novamente os problemas físicos apareceram e, com inchaço e dores no joelho, ele foi mandado para a injured reserve em novembro e viu seu campeonato terminar mais cedo.

Segundo Michael Giardi, da ‘NFL Network’, os Patriots não têm planos imediatos de acelerar o retorno de Meredith aos gramados. A equipe médica e de preparadores da franquia vão trabalhar em fortalecer o joelho/aumentar a flexibilidade antes de liberaram o wideout para treinar.

Confira mais movimentações ao redor da NFL nesta sexta (2):

– Atualmente sem time, o cornerback Morris Claiborne deve pegar uma suspensão de quatro jogos por violações à política de abuso de substâncias da National Football League. A informação foi apurada por Ian Rapoport e Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.

Claiborne está apelando da suspensão e pode vê-la ser reduzida.

A iminente punição pode explicar por que o veterano segue sem time. Claiborne visitou alguns times nesta offseason, mais recentemente o Minnesota Vikings, mas ele ainda não arranjou uma nova casa mesmo com os training camps já tendo começado.

Selecionado na primeira rodada do draft de 2012 pelo Dallas Cowboys, Claiborne sofreu muito com lesões em sua passagem pelo Texas. Nas últimas duas temporadas, ele defendeu o New York Jets e somou 57 tackles, 14 passes defendidos e duas interceptações no ano passado.

– O Indianapolis Colts está fazendo testes com o wide receiver Brandon Marshall, como noticiou em primeira mão a ‘ESPN’ norte-americana.

Atualmente com 35 anos de idade, Marshall abriu a temporada 2018 com o Seattle Seahawks, disputando sete jogos, mas recebendo apenas 11 passes para 136 jardas e um touchdown antes de ser cortado. Posteriormente, ele assinou com o New Orleans Saints, mas a passagem foi relâmpago e ele nem disputou uma partida antes de ser cortado.

Seis vezes selecionado para o Pro Bowl, Marshall não parece ter muito mais gasolina no tanque neste ponto de sua carreira. Ele atuou em apenas 12 jogos nas últimas duas temporadas, recebendo apenas 29 passes no total.

Sua temporada mais recente com ida ao Pro Bowl foi em 2015, no New York Jets, quando ele fez 109 recepções para 1.502 jardas e 14 TDs.

Também nos Colts, o running back Mike Gillislee estava fazendo testes. O ex-Patriots também recentemente fez testes no Oakland Raiders.

Seguindo ainda na franquia de Indiana, o running back Spencer Ware foi colocado na lista de jogadores sem condições físicas de desempenhar (PUP list) e o defensive end Dadi Nicolas foi contratado.

– O Philadelphia Eagles contratou o safety Johnathan Cyprien, como anunciou a equipe nesta sexta. O contrato é de um ano de duração, segundo Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

Cyprien, que não atuou na temporada passada, depois de romper seu ligamento cruzado anterior durante o training camp, se tornou um free agent quando o Tennessee Titans o dispensou no começo de março.

O recém-contratado se junta a um grupo de safeties que inclui nomes como Andrew Sendejo, Tre Sullivan e Blake Countess. Os Eagles dispensaram Godwin Igwebuike nesta sexta.

Cyprien foi selecionado pelo Jacksonville Jaguars na segunda rodada do draft de 2013, com a 33ª escolha geral. Ele soma duas interceptações, 16 passes defendidos, quatro fumbles forçados, 510 tackles combinados e três sacks em sua carreira profissional até agora.

Os Eagles também anunciaram a chegada do tight end Alex Ellis e a dispensa do linebacker Joey Alfieri.

– No Kansas City Chiefs, o wide receiver Tyreek Hill retornou aos campos de treinamento, segundo BJ Kissel, do site oficial do time. O recebedor deixou o treino da última terça depois de colidir com um companheiro e sofrer uma contusão no quadríceps. Contudo, o breve retorno mostra que não foi nada mais grave.

O também wide receiver Mecole Hardman saiu do treino mais cedo devido a uma doença, segundo Brooke Pryor, do ‘Kansas City Star’.

– No Dallas Cowboys, o técnico Jason Garrett disse que o offensive guard Zack Martin vai passar por uma ressonância magnética porque suas costas vêm o incomodando um pouco. A informação foi confirmada pela franquia texana.

– O Seattle Seahawks deve ter alguma boa notícia relacionada à sua linha defensiva. O técnico Pete Carroll disse em entrevista a uma rádio local que Ezekiel Ansah deve estar pronto para a semana 1 da temporada 2019, depois de passar por cirurgia no ombro nesta offseason.

Os Seahawks contrataram Ansah em maio, sob contrato de um ano, com valor de até US$ 12,75 milhões.

– No New York Jets, o left tackle Kelvin Beachum saiu do treino com uma lesão no tornozelo e o técnico Adam Gase disse aos repórteres que “pode levar uma semana” antes de o atleta voltar. Já o cornerback Trumaine Johnson treinou de forma limitada devido às dores na virilha.

– No Cincinnati Bengals, o center Billy Price passou no teste físico e está voltando aos treinos, como anunciou a equipe. Ele havia sido colocado na lista de ativos/lesões não-relacionadas ao futebol americano (NFI list) na última sexta.

O técnico Zac Taylor, dos Bengals, disse aos jornalistas que o wide receiver John Ross (músculo posterior da coxa) segue sendo avaliado diariamente.

– No Arizona Cardinals, o técnico Kliff Kingsbury disse aos repórteres que o wide receiver calouro Andy Isabella está lidando com um pequeno problema no joelho que pode mantê-lo fora do primeiro compromisso do time na pré-temporada, segundo o site oficial da franquia.

A organização de Glendale também anunciou as contratações dos offensive linemen Pat Lawrence e Parker Ehinger, do wide receiver Isaac Zico e do linebacker Hayes Pullard. O offensive lineman Tariq Cole e o running back Xavier Turner foram dispensados.

– O Detroit Lions anunciou que ativou o cornerback Darius Slay da lista de ativos/lesões não-relacionadas ao futebol americano (NFI list).

– No San Francisco 49ers, o pass rusher Dee Ford está sendo poupado do treino devido a uma tendinite no joelho, segundo o ‘San Francisco Chronicle’.

A franquia californiana também anunciou a chegada do tight end Daniel Helm e a dispensa do tight end Niles Paul.

– O Washington Redskins fechou com o defensive back D.J. White nesta sexta e dispensou o linebacker Andrew East, como anunciou a franquia.

– Um dia depois de anunciar a aposentadoria do kicker Phil Dawson, o Cleveland Browns contratou o veterano e o colocou na lista de reservas/aposentados, para que ele pudesse pendurar o capacete como membro da franquia.

Também nesta sexta, a organização de Ohio anunciou a contratação do tight end Mik’Quan Dean e a dispensa do wide receiver Blake Jackson (joelho) com uma designação de lesão.

– O Los Angeles Chargers anunciou a contratação do offensive lineman Jamar McGloster e do offensive lineman Larry Allen Jr. e a dispensa do lesionado linebacker Tre’von Johnson e do offensive lineman Cole Toner.

Comments
To Top