NFL

New England Patriots acerta com o kicker Stephen Gostkowski; veja mais transações

Stephen Gostkowski, kicker do New England Patriots

(Crédito: Twitter/reprodução)

O New England Patriots e o kicker Stephen Gostkowski chegaram a um acordo de contrato de dois anos de duração nesta terça-feira (9), segundo informações do jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

O contrato tem valor de US$ 8,5 milhões.

Com recém-completados 35 anos de idade, o camisa 3 é o kicker dos Pats desde que o time o selecionou na quarta rodada do draft de 2006 (118ª escolha geral). Na ocasião, ele assumiu uma missão bem complicada de substituir Adam Vinatieri, que assinou com o Indianapolis Colts na free agency daquele ano.

No primeiro dia do training camp de 2018, o técnico Bill Belichick observou quão sortudo ele foi de ter Vinatieri e, depois Gostkowski. Então, o carrancudo head coach elogiou a maneira como o atual kicker de New England lidou com a transição.

“Ele mostrou uma incrível quantidade de maturidade e equilíbrio em seu ano de calouro. Ele chegou em, provavelmente, uma situação tão difícil quanto qualquer jogador calouro que eu trouxe para o time com a expectativas que estavam com ele e, obviamente, com o que Adam tinha feito anteriormente”, afirmou Belichick na ocasião.

Em 13 temporadas com a camisa dos Patriots, ele converteu 367 de 420 field goals na temporada regular (87,4% de aproveitamento) e 642 de 649 extra points. Já em 28 jogos de playoffs na carreira, ele converteu 39 de 44 field goals e 88 de 92 XPs. Ele ganhou três títulos de Super Bowl.

Gostkowski totaliza 1.743 pontos em temporadas regulares, tendo sido selecionado duas vezes para o time All-Pro (2008 e 2015) e quatro vezes ao Pro Bowl (2008 e 2013 a 2015).

A renovação de Stephen Gostkowski assegura que os Patriots não terão uma grande mudança em seus chutadores. Vale lembrar que Ryan Allen renovou com a franquia de Foxborough nesta temporada e continuará a ser o punter (e holder de Gostkowski).

Confira mais movimentações na NFL nesta terça (9):

– O defensive end veterano Adrian Clayborn está retornando ao Atlanta Falcons, já que ele acertou um novo contrato de um ano de duração com a franquia da Geórgia. O anúncio oficial foi feito nesta terça.

O jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, apurou que o contrato de Clayborn tem valor de até US$ 4 milhões.

Atualmente com 30 anos de idade, Clayborn atuou com a camisa dos Falcons de 2015 a 2017 e somou 9,5 sacks (maior marca da carreira) em Atlanta em 2017.

Ele se tornou um free agent no dia 15 de março, quando o New England Patriots o dispensou depois de apenas uma temporada. Ele somou 2,5 sacks em 2018, em seu único ano com os Pats, e atuou em 30% dos snaps defensivos, ajudando sobretudo em situações óbvias de passe.

Adrian Clayborn soma 32,5 sacks, oito fumbles forçados e 178 tackles combinados em oito temporadas na NFL desde que foi selecionado na primeira rodada do draft de 2011 (20ª escolha geral) pelo Tampa Bay Buccaneers. Ele disputou 95 jogos, sendo 41 como titular.

– O Philadelphia Eagles trouxe um trio de ex-jogadores da Alliance of American Football (AAF) e anunciou nesta terça as contratações do wide receiver Charles Johnson, do quarterback Luis Perez e do wide receiver/retornador Greg Ward, todos sob contrato de um ano de duração.

Johnson, que atuou mais recentemente com a camisa do Orlando Apollos, é o destaque. Ele liderou a NFL em recepções durante toda a temporada, totalizando 45 recepções para 687 jardas e cinco touchdowns em oito jogos antes de a liga ser desativada.

Originalmente, ele entrou na NFL em 2013 como escolha de sétima rodada do draft pelo Green Bay Packers e também teve passagens por Cleveland Browns, Minnesota Vikings, Carolina Panthers e New York Jets antes de assinar com a AAF.

Comments
To Top