NFL

Nathan Peterman lança cinco interceptações nos dois primeiros quartos

Nathan Peterman, quarterback do Buffalo Bills

(Crédito: Twitter/reprodução)

Imagine uma atuação ruim. Multiplique por 5. E é isso que você teve com Nathan Peterman nos primeiros dois quartos dele como titular na National Football League.

Na primeira metade do jogo do Buffalo Bills contra o Los Angeles Chargers, o calouro dos Bills acertou apenas seis passes de 14 para 66 jardas e CINCO INTERCEPTAÇÕES (me desculpem o caps lock, mas foi necessário). Assim, o time californiano não teve dificuldades de ir ao vestiário vencendo por 37 a 7.

Selecionado na quinta rodada do draft de 2017 pelos Bills, com a 171ª escolha geral, Peterman assumiu a titularidade do time depois que o técnico Sean McDermott resolveu mandar o Tyrod Taylor para o banco de reservas durante esta semana.

Após a derrota por 54 a 24 para os Chargers, McDermott afirmou que vai “avaliar” a situação de quarterback titular do seu time para o jogo da semana que vem contra o Kansas City Chiefs, fora de casa.

“Eu vou usar meu tempo e avaliar. Eu vou tomar a decisão que sinto que é certa para este time de futebol americano”, frisou o head coach.

McDermott também garantiu que não se arrependeu da decisão de utilizar Peterman como titular no lugar de Taylor e ele não acredita que avaliou mal o preparo do novato para fazer seu primeiro jogo como titular fora de casa.

“Eu senti que era a situação certa para Nate vir e jogar. Eu não me arrependo da minha decisão. Arrependo-me do resultado. Não conseguimos o resultado que estávamos buscando. Então não me arrependo da decisão de maneira alguma”, pontuou. “(A decisão) foi não apenas para vencer agora, mas também no futuro. Esses caras trabalham duro, e sinto que toda decisão que estou tomando é no melhor interesse deste time seguindo em frente”, completou.

Peterman foi o primeiro quarterback desde a fusão da AFL com a NFL, em 1970, a lançar pelo menos cinco interceptações na primeira metade de um jogo, segundo o Elias Sports Bureau.

A transmissão da ‘Fox’ notou que Peterman se tornou o primeiro calouro com três interceptações no primeiro quarto de seu primeiro jogo como titular desde que Patrick Ramsey conseguiu o mesmo feito com o Washington Redskins em 2002.

Suas três interceptações no primeiro quarto também foram a maior quantidade desde que Geno Smith, então quarterback do New York Jets, foi interceptado três vezes contra os Bills em outubro de 2014.

A atuação desastrosa do calouro levou até adversários a questionarem a decisão de McDermott.

Richard Sherman, cornerback do Seattle Seahawks, utilizou seu Twitter para criticar a decisão tomada nos Bills.

“Então eles mandam para o banco meu cara @TyrodTaylor e o cara que eles trouxeram já lançou 2picks com 10mins restando no primeiro. Grande decisão”, ironizou Sherman na rede social.

“Imaginando o que eles vão dizer depois deste jogo sobre @TyrodTaylor… um jogo ruim e ele está no banco. Você corta o novo cara depois dessa primeira metade?”, escreveu o cornerback dos Seahawks em outro tweet.

Peterman foi vaiado pelos torcedores dos Bills que estavam presentes no StubHub Center, casa dos Chargers, quando ele entrou em campo com o ataque no final do segundo quarto. A torcida também gritou “nós queremos Tyrod” pouco antes do intervalo.

Em uma decisão bastante óbvia, McDermott teve que enfiar o rabo entre as pernas e mandou Tyrod Taylor a campo no terceiro quarto. Meu Deus!

Após entrar, Taylor fechou o jogo com 15 passes certos de 25 para 158 jardas e um touchdown.

Os 37 pontos cedidos nos dois primeiros quartos foram a segunda maior quantidade dos Bills em uma primeira metade de jogo desde que a equipe cedeu 42 pontos para o Seattle Seahawks nos dois quartos iniciais de uma partida disputada em 1977, segundo dados do ESPN Stats & Information.

Comments

Popular

To Top