NFL

Miles Austin: Tony Romo está no mesmo escalão de Roger Staubach e Troy Aikman

Miles Austin e Tony Romo

(Crédito: Twitter/reprodução)

Tony Romo anunciou sua aposentadoria nesta semana e agora embarca em sua nova empreitada como comentarista de televisão. Enquanto isso, a imprensa e os torcedores debatem em que patamar o quarterback está na história da National Football League e do Dallas Cowboys.

Discussões deste tipo nunca são fáceis. Romo esteve na liga por 14 temporadas, todas vestindo a camisa da franquia texana, e acertou 65,3% de seus passes para 34.183 jardas, 248 touchdowns e 117 interceptações.

O retrospecto foi de 78 vitórias e 49 derrotas em jogos de temporadas regulares, mas o signal caller não ganhou um Super Bowl sequer na carreira e teve retrospecto de duas vitórias e quatro derrotas em confrontos de pós-temporada.

Números à parte, Miles Austin, ex-wide receiver de Dallas, participou do programa Good Morning Football, da ‘NFL Network’, e opinou que pessoalmente considera seu ex-companheiro de time tão talentoso quanto grandes nomes como Roger Staubach e Troy Aikman.

Miles frisou também que ter atuado ao lado de Romo teve um significado especial em sua carreira.

“Eu acho que é preciso colocá-lo lá no alto. Obviamente, não tivemos a chance de ganhar um título. Mas, no que diz respeito às estatísticas e o que ele fez pela franquia, acho que é preciso colocá-lo lá em cima, entre Troy, entre Staubach. Acho que você tem que colocá-lo nesse escalão. E você pode relacioná-los como quiser com base em campeonatos e outras coisas, mas para mim, pessoalmente, o que ele fez por mim na minha vida e o que sei que ele fez pela organização, é preciso respeitar. E eu respeito”, declarou.

Miles Austin entrou na NFL como agente livre não draftado em 2006, mesmo ano em que Romo se tornou titular do time em tempo integral. E, na época em que sua passagem pelos Cowboys chegou ao fim, ele tinha a quarta maior quantidade de recepções para touchdown em passes de Romo entre os recebedores de Dallas, apenas atrás de Dez Bryant, Jason Witten e Terrell Owens.

Comments
To Top