NFL

Mike Zimmer: “eu ainda acredito” em Blair Walsh

Mike Zimmer, head coach dos Vikings

(Crédito: Twitter/reprodução)

Depois de cogitar de mudar de kicker e realizar um treino com seis kickers, o treinador Mike Zimmer reiterou o seu apoio a Blair Walsh nessa quarta-feira (09).

O Minnesota Vikings fez um trabalho com Kai Forbath, Randy Bullock, Zach Hocker, Travis Coons, Marshall Koehn e Aldrick Rosas, entretanto optou por permanecer com Walsh, que teve um field goal bloqueado e errou um extra point no último domingo (06). O camisa 3 é o kicker que mais perdeu extra points (3) na NFL nesta temporada e está empatado na 25ª posição em aproveitamento de field goals, com 75% de aproveitamento e quatro erros. Apesar disso, Zimmer disse: “eu ainda acredito nele”.

O tom utilizado pelo comandante da franquia de Minneapolis teve um tom diferente ao da segunda-feira, depois dos erros terem custado a derrota por 22 a 16 na prorrogação para o Detroit Lions. Quando perguntado por que os Vikings iriam fazer um treino com outros kickers, Zimmer respondeu: “você não esteve assistindo durante o ano todo?” Ele ainda acrescentou: “em algum momento, você tem crença e confiança nos caras, porque você sabe o que eles fizeram no passado”, disse o head coach. “Nós perdemos três extra points nesse ano, perdemos vários field goals. A maneira que nossas partidas estão sendo jogadas, eles provavelmente estragaram muitos jogos apertados. Estamos olhando para todos os lados, buscando o que nos dá a melhor oportunidade de ganhar os jogos de futebol americano”

Na quarta-feira, Zimmer disse que os Vikings olharam para o caso de Mason Crosby, que não foi dispensado pelo Green Bay Packers mesmo após ele perder 12 field goals em 2012. Desde então, Crosby teve aproveitamento nos field goals superior a 80% e só perdeu três extra points.

“Ele teve um ano em que sofreu e lutou contra isso”, disse Zimmer sobre Crosby. “Eu olho para muitas coisas diferentes – a bola vencedora (que Walsh) teve contra o Chicago (Bears) na última temporada, a bola vencedora contra o St. Luis (Rams), os field goals que ele fez”.

Walsh perdeu um field goal de 27 jardas nos segundos finais da derrota por 10 a 9 para o Seattle Seahawks no jogo de Wild Card da NFC em janeiro e o time de Minnesota fez um esforço cuidadoso para tentar reconstruir a confiança do kicker na última offseason. Como o jogador de 26 anos permaneceu tendo dificuldades, os Vikings tomaram a decisão de considerar outras opções na terça-feira (08).

Questionado se o treino com outros jogadores tinha a intenção de transmitir a Walsh – que assinou uma extensão de quatro anos em 2015 – que seu trabalho não estava seguro, o head coach disse: “eu não acho que necessariamente seja psicológico. Cobrir todas as nossas bases”.

O treinador não viu a exibição pois estava tendo outro procedimento em seu olho depois de ter um problema na retina na semana passada.

Comments
To Top