NFL

Mike Tomlin se diz indiferente à ausência de Le’Veon Bell no minicamp; veja as manchetes da terça-feira

Mike Tomlin, técnico do Pittsburgh Steelers

(Crédito: Instagram/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Mike Tomlin, treinador do Pittsburgh Steelers, insistiu que ele está indiferente à ausência do running back Le’Veon Bell no minicamp.

“Eu realmente sou (indiferente)”, disse Tomlin. “É um desperdício de tempo me concentrar nos caras que não estão disponíveis para mim, seja por lesão ou por outro motivo. Eu tendo a focar nos caras que estão aqui e estão trabalhando. Eu acho que isso é o apropriado quando você está na minha posição”.

– Jimmy Garoppolo, quarterback reserva do New England Patriots, está com lidando com um problema na perna e não participou de todo o treino organizado das equipes de Massachusetts nesta terça-feira.

– Depois dos Patriots terem reestruturado o contrato do tight end Rob Gronkowski, Greg Olsen declarou que também gostaria de um reajuste salarial. “No mundo ideal, seria ótimo. Não há ninguém que tenha sido mais produtivo e consistente do que eu”, declarou o jogador do Carolina Panthers.

– Lorenzo Mauldin, linebacker do New York Jets, se disse “chocado” pelo fato de um homem de Nova York estar o processando por agressão. No processo, Jean Lopez alega que sofreu múltiplas fraturas faciais depois de ser atacado no dia 2 de abril em uma boate em Manhattan. O incidente ocorreu quando Lopez acidentalmente derrubou champanhe em Mauldin, afirma o processo.

– Greg Olsen, tight end do Carolina Panthers, acredita que o linebacker Luke Kuechly está bem fisicamente. “Ele está pronto fisicamente. E estão tão em forma e tão preparado como eu nunca vi nos anos em que eu conheço ele”.

– O running back DeMarco Murray comparou a linha ofensiva do Tennessee Titans com a do Dallas Cowboys. “Quão perto estamos eles? Quero dizer, eu corro atrás deles todos os dias. Eu tenho muito respeito por Dallas e os jogadores deles. Eu ainda tenho amigos lá. Eu acho que a linha que temos aqui em Nashville é uma das melhores na liga”.

– Tom Savage, quarterback do Houston Texans, foi elogiado por seus treinadores. Além de Sean Ryan, treinador de quarterbacks, ter afirmado que ele “acabou de entrar com uma ética de trabalho muito realista”, o assistente ofensivo Pat O'Hara afirmou que: “sim, ele cresceu muito. Ele passou por muitas coisas, não apenas lesões, mas ele viu muitos quarterbacks irem e virem”.

– Mike McCord, diretor de equipamento do Dallas Cowboys, informou que a franquia texana irá utilizar o seu uniforme azul marinho de forma mais frequente nos jogos em casa. “Tivemos algum sucesso usando esse uniforme em casa, então acho que vamos ver um pouco mais disso”, declarou.

– Depois de trabalhar com um guru de quarterbacks, Carson Wentz explicou por que ele fez isso. ” O que me fez ir lá? Conhecer tantos bons jogadores que foram lá e isso os ajudou. Eu nunca quero parar de aprender. Há tantas coisas pequenas sobre jogar nesta posição que, a olho nu, você nunca verá quando me observa. Sinto que estou melhor mecanicamente”, afirmou o quarterback do Philadelphia Eagles.

– Greg Olsen, tight end do Carolina Panthers, realizou o sonho de Foster Hale, 17 anos, que desejou ser ele por um dia. Primeiro, o garoto foi introduzido a Luke Kuechly e perguntou se o adolescente queria enfrentar o linebacker da franquia de Charlotte. O garoto rapidamente negou.

– Larry Fitzgerald, wide receiver do Arizona Cardinals, ganhou o prêmio Goog Guy (cara legal, em tradução livre) dos Escritores Profissionais de Futebol Americano da América.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top