NFL

Mike Tomlin garante que running back Le’Veon Bell vai melhorar

Le'Veon Bell, running back do Pittsburgh Steelers

(Crédito: Twitter/reprodução)

A estreia de Le’Veon Bell na temporada 2017 não foi das melhores. O astro do Pittsburgh Steelers foi o responsável por apenas 47 jardas gerais e não esteve nem perto de brilhar durante a vitória por 21 a 18 sobre o Cleveland Browns.

Mas o técnico Mike Tomlin, que frisou que o desempenho do camisa 26 precisa melhorar, não se mostrou preocupado.

“E vai”, afirmou o head coach.

O comandante dos Steelers falou nesta terça-feira (12), durante sua entrevista coletiva, que as penalidades afetaram o desempenho do ataque da equipe e que Bell ter ficado afastado do time durante todo o mês de agosto antes de assinar seu contrato não é uma história que merece muita atenção.

Bell correu para 32 jardas em 10 corridas no último domingo, fazendo também três recepções para 15 jardas. As 47 jardas totais representam a pior marca de Bell na carreira, que teve média de 157 jardas por jogo na temporada passada.

Na partida contra os Browns, os Steelers cometeram 13 faltas para um total de 144 jardas, incluindo pelo menos quatro contra o ataque na primeira metade de partida.

Segundo Tomlin, esses problemas teriam afetado o jogo terrestre se Bell tivesse perdido o training camp ou não. E esse assunto, segundo o treinador, é “porque eu perco a paciência quando falamos repetidamente das mesmas coisas”.

“Vocês podem cantar a música do camp de Le’Veon Bell o quanto vocês quiserem. Ele está aqui. Nós estamos trabalhando. É a semana 2. Estamos nos preparando para jogar contra o Minnesota Vikings. Isso já deu para mim”, frisou Tomlin.

Em seu programa semanal na rádio ‘93.7 The Fan’, o quarterback Ben Roethlisberger pregou paciência em relação ao ataque e disse que, daqui a alguns jogos, Bell terá seus grandes números habituais.

A média de 128,7 jardas totais por jogo de 2013 a 2016 representam a maior quantidade por um running back em suas quatro primeiras temporadas na National Football League, segundo dados do Pro Football Focus.

Comments
To Top