NFL

Mike Tomlin garante que prisão de Joey Porter não será uma distração

Mike Tomlin, técnico do Pittsburgh Steelers

(Crédito: Twitter/reprodução)

Joey Porter, assistente técnico do Pittsburgh Steelers, foi detido na noite do último domingo (8), depois de se envolver em um incidente em um bar horas depois da vitória sobre o Miami Dolphins, mas isso não vai distrair a equipe.

Em sua entrevista coletiva nesta terça-feira (10), Mike Tomlin, técnico principal dos Steelers, disse que “é nosso trabalho lidar com e superar distrações”. Além disso, o head coach garantiu que nada disso vai influenciar a preparação para o duelo contra o Kansas City Chiefs, mencionando inclusive o incidente ocorrido na semana com Steve Meyer, treinador de controle de qualidade defensivo, que sofreu com uma morte na família.

Meyer então foi liberado das atividades para lidar com os problemas familiares durante a preparação da equipe para o jogo contra os Dolphins.

“Isso não era de conhecimento comum e não foi visto como uma distração. Isso é de conhecimento comum e um problema público. Então eu vejo como isso pode ser visto (como uma distração). Mas, dentro do prédio, não será. Será apenas uma miríade de coisas com as quais temos que lidar como profissionais (…) Não muda o que é esperado de nós”, frisou.

Porter, que foi jogador dos Steelers e atualmente é treinador de linebackers da franquia, está encarando acusações de agredir um funcionário de um bar de Pittsburgh e um policial que interveio na situação.

“Estar envolvido na National Football League é uma honra e um privilégio, não um direito. Temos que respeitar isso como tal. Obviamente, isso foi violado nessa circunstância e há consequências a serem sofridas por causa disso”, observou Tomlin. “Estamos tratando isso com a atenção que merece”, finalizou.

Joey Porter foi colocado em licença pelo time e não há prazo para o retorno do treinador, como afirmou Tomlin.

Kevin Colbert, general manager da franquia da Pensilvânia, afirmou em comunicado na segunda que a equipe vai manter contato com a NFL para seguir as diretrizes da política de conduta pessoal.

Os treinadores e os executivos da diretoria devem seguir um “padrão de decoro” associado com a NFL, de acordo com Tomlin. E, na ausência de Joey Porter, os Steelers vão se apoiar no coordenador defensivo Keith Butler, que tem experiência treinando inside e outside linebackers.

Comments
To Top