NFL

Mike Pettine ainda não decidiu quem será o QB titular dos Browns

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

A temporada vai chegando ao fim e as dúvidas acerca do quarterback titular do Cleveland Browns não param de pairar no ar. O técnico da equipe, Mike Pettine, admitiu nesta segunda-feira (8) que é “natural inclinar-se para outro lado” para decidir quem será o signal caller principal para a partida contra o Cincinnati Bengals, neste próximo domingo (14), e disse que a definição ainda não foi tomada.

“Estamos em um negócio de resultados. Perdemos duas seguidas. Todos sabemos quais foram os números no jogo aéreo. Para a gente ser bem-sucedido, eles têm que melhorar”, declarou o comandante, citando o fraco desempenho da equipe nos passes na derrota para o Indianapolis Colts por 25 a 24.

Brian Hoyer, que novamente teve uma chance para ser o líder de ataque, acertou somente 14 de 31 passes para 140 jardas e lançou duas interceptações, não conseguindo conectar para um touchdown sequer. Assim, o novato Johnny Manziel está se olho no posto do companheiro de equipe.

Nos últimos quatro compromissos da franquia de Ohio, Hoyer soma um touchdown e oito interceptações, números péssimos para um QB titular. O camisa 6 só comandou um drive que resultou em TD nas últimas 29 posses de bola nas quais ele esteve em campo.

“Acho que é natural inclinar-se para outro lado, dado os resultados. Ainda quero ter a certeza de que façamos tudo direito e quero ter a chance de conversar com todas as pessoas envolvidas”, frisou Pettine.

Ao ser questionado sobre se Manziel estaria preparado caso fosse nomeado o titular, o treinador não titubeou: “absolutamente sim”.

Após um início de temporada com seis vitórias e três derrotas, os Browns perderam três dos últimos quatro jogos e, assim, agora estão com sete vitórias e seis derrotas, ocupando a lanterna da divisão AFC North, longe de brigar efetivamente por uma vaga na pós-temporada.

Hoyer não sabe se continua como titular – Na tarde desta segunda, Brian Hoyer afirmou que não sabe se é ele ou o novato Johnny Manziel que vai iniciar a partida contra os Bengals atrás do center.

“É decisão dele (técnico Mike Pettine) e eu respeito sua decisão. Para mim, eu só tenho que manter a mesma mentalidade. É sobre ser forte mentalmente. Acho que provei que posso lidar com isso. Vou manter a mesma atitude”, disse o quarterback.

Segundo informações de Adam Schefter, da ESPN norte-americana, os dias de Brian Hoyer no Cleveland Browns estão contados. Diante dessas notícias veiculadas pela imprensa, o QB adotou a ironia.

“É louco ver quão rapidamente as coisas mudam. Acho que quatro ou cinco semanas atrás estávamos falando de conversas sobre renovação. Agora, estamos questionando se vou ou não continuar aqui”, finalizou.

Comments
To Top