NFL

Mike Mularkey: wide receivers dos Titans precisam melhorar

(Crédito: Twitter/reprodução)

(Crédito: Twitter/reprodução)

Enquanto muitos times correm atrás de quarterbacks, o Tennessee Titans tem em Marcus Mariota o seu líder de ataque do presente e do futuro. Depois de uma boa temporada como calouro na liga em 2015, o signal caller deve mostrar um futebol americano ainda melhor neste ano, mas para isso ele precisa contar com outras peças do ataque funcionando bem.

Nesta offseason, a franquia de Nashville reforçou a linha ofensiva, trazendo nomes como o tackle Jack Conklin, selecionado no draft, aumentou o número de opções no backfield, tanto com a chegada do veterano DeMarco Murray quando com a adição do calouro Derrick Henry, e isso pode ser de fundamental importância para a evolução de Mariota. Porém, os recebedores também precisam mostrar mais trabalho em 2016.

Os Titans trouxeram o slot receiver Rishard Matthews nesta free agency e também apostam em nomes que já estavam na organização, tais como Kendall Wright, Dorial Green-Beckham, Justin Hunter e Harry Douglas, para ajudar o jovem QB. E o técnico Mike Mularkey quer ver um desenvolvimento real entre os recebedores.

“Eles todos sabem que vão ser treinados mais do que qualquer outra posição. Primeiramente, porque precisa melhorar. Não há dúvidas sobre isso. Se tem uma posição neste time que pode ser melhor, é essa”, falou o head coach, segundo o jornal ‘Tennessean’. “Nós vamos estar no ouvido deles. Não vamos aceitar nada que não seja o melhor por parte deles. Se eles não mostrarem isso, vamos encontrar alguém que compreenda isso”, completou Mularkey.

Entrando em sua segunda temporada na NFL, Dorial Green-Beckham sofreu com problemas de lesões e, em 2015, somou apenas 32 recepções para 549 jardas e quatro touchdowns. Porém, sendo um jogador com bom tamanho, velocidade e boa habilidade para receber bolas, ele precisa mostrar mais neste ano e necessita corrigir problemas para percorrer rotas e de drops.

Uma nova contusão, contudo, está atrapalhando sua offseason.

“Ele não tem feito muito trabalho, porque ele lesionou o músculo posterior da coxa, como há um ano. Então, ele tem algum trabalho a fazer”, frisou Mularkey.

Como um todo, os recebedores do Tennessee Titans produziram a menor quantidade de recepções e a segunda menor quantidade de jardas recebidas de toda a liga em 2015, sendo que nenhum recebedor do time fez mais de 40 recepções na temporada passada. Então, para 2016, o grupo terá muita pressão nas costas e precisará mostrar serviço.

Comments
To Top