NFL

Michael Thomas quer evitar queda de desempenho como segundo anista; veja as manchetes da quinta-feira

Michael Thomas, wide receiver do New Orleans Saints

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Michael Thomas, do New Orleans Saints, teve uma temporada de calouro com 92 recepções para 1.137 jardas e nove touchdowns e ele está tentando fazer de tudo para evitar uma queda de rendimento em seu segundo ano na National Football League.

“Eu estou fazendo um pouco de tudo e eu apenas estou sendo honesto e ficando na minha”, disse Thomas. “Eu sei que provavelmente muitos recebedores tiveram bons anos de calouro e, se você verificar a história, isso não acompanha. Então eu não quero ser esse cara”.

“Uma vez que eu começar a adicionar mais valor e mais coisas ao meu prato, eu continuarei a ficando mais responsável e manterei minha cabeça baixa. Eu fui capaz de ver meus números no final da temporada”, disse Thomas. “Mas também lembre-se que eu perdi um jogo, então tenho que descobrir como ficar saudável em todas as partidas”.

– O tight end do New York Jets, Austin Seferian-Jenkins, que foi preso por dirigir embriagado em setembro, quando jogava no Tampa Bay Buccaneers, chegou em um acordo com o condado de Hillsborough. O jogador recebeu um ano de liberdade condicional, uma multa e terá que cumprir 50 horas de serviço comunitário.

– Um juiz ordenou que Robert Meachem, ex-wide receiver dos Saints e Chargers, fosse solto após três dias de prisão por não pagar pensão alimentar e dar apoio a criança. Ele devia US$ 400 mil a sua esposa, mas poderia ser solto se pagasse US$ 100 mil antes do fim da sua sentença de 30 dias.

– Todd Downing, coordenador ofensivo do Oakland Raiders, fez uma declaração interessante ao ser perguntado o que faria se estivesse em uma primeira para 10 jardas na linha de 22 jardas e com uma liderança de oito pontos no último quarto do Super Bowl.

“Você sabe o que? Vamos ter essa conversa uma vez que chegarmos ao Super Bowl”.

– O Cleveland Browns reassinou o contrato do long snapper Charley Hughlett. O acordo é de um ano e fará ele virar o jogador mais bem pago nessa posição.

– O New England Patriots e o quarterback Tom Brady estão nos estágios inicias das conversas de renovação de contrato. De acordo com fontes da ‘CBS Sports’, os dois lados têm interesse em um novo contrato, mas nada é iminente e as conversas são preliminares.

– Tony Romo só jogou quatro partidas nos últimos dois anos e isso dificulta uma troca, contudo Barry Church, safety do Dallas Cowboys, deu uma visão positiva sobre o quarterback pelo o que ele viu nos treinos no fim da temporada de 2016. “Ele parecia ótimo. Parecia o Tony Romo de 2014”.

– Patrick Willis, ex-linebacker de 32 anos, não parece arrependido de ter se aposentado. “Essa inclinação (para jogar) só vem por um instante”, disse ele ao ‘The Mercury News’. “Então é: não, não, eu estou bem”.

– O head coach Mike Mularkey explicou como consegue vantagem ofensiva durante os tempos técnicos. “Nós temos um modo durante os timeouts da TV, colocamos 11 jogadores no huddle sem Marcus (Mariota)”, disse ele.

– Brian Daboll, treinador dos tight ends do New England Patriots, é um dos candidatos a ser o novo coordenador ofensivo de Alabama.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top