NFL

Negócio com Baltimore Ravens dá errado e Michael Brockers retorna ao L.A. Rams; veja boletim

Michael Brockers, defensive tackle da NFL

Mais um negócio que não deu certo nesta free agency. Mas, ao menos para o jogador, de alguma forma deu certo. Momentos depois de o Baltimore Ravens anunciar nesta sexta-feira (27) que não contrataria Michael Brockers depois de as duas partes não chegarem a um acordo, o defensive lineman voltou ao Los Angeles Rams.

O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, noticiou que Brockers está acertando um novo contrato para seguir nos Rams, como confirmou Scott Casterline, agente do atleta.

O defensive tackle confirmou seu retorno pelo Instagram.

Uma grande reviravolta para um jogador que já parecia ser um novo Raven, não é mesmo?

Atualmente com 29 anos de idade, o jogador de linha defensiva ia assinar um contrato de três anos, com valor de US$ 30 milhões, com os Ravens, acordo que incluía US$ 21 milhões garantidos. Entretanto, um problema no tornozelo persistente trazido desde o final da temporada passada apareceu em um exame médico e as duas partes não chegaram a um acordo em relação a uma alteração contratual.

Rapoport observa que o acordo de Brockers com os Rams também é de três anos, com valor máximo de US$ 31,5 milhões, bem similar ao que o DT ia receber dos Ravens.

O contrato cancelado em Baltimore é mais uma consequência recente da pandemia global do novo coronavírus (COVID-19). Como as instalações dos times estão fechados e os jogadores não estão conseguindo passar por exames médicos, isso pode acontecer.

Brockers passou toda a sua carreira nos Rams, depois de ser selecionado na primeira rodada do draft de 2012, somando 23 sacks e 344 tackles em oito temporadas.

Confira mais movimentações na NFL nesta sexta (27):

– O Philadelphia Eagles exerceu a opção no contrato do tight end Zach Ertz referente à temporada 2021 da NFL, como apurou o jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. Ertz vai ‘pesar’ US$ 8 milhões no salary cap de 2020 e US$ 8,25 milhões em 2021. Mas conversas sobre uma extensão contratual devem ocorrer nos próximos meses, como nota Pelissero.

– O Dallas Cowboys finalmente anunciou de maneira oficial que chegou a um acordo com o defensive tackle Dontari Poe, depois de finalizar a redação do contrato. O time observou, contudo, que Poe ainda precisa passar por um teste físico e assinar o contrato para que tudo fique 100% certo.

– O Minnesota Vikings acertou novos contratos com o running back Ameer Abdullah e com o center Brett Jones.

Os Vikings também vão manter o guard veterano Dakota Dozier sob contrato de um ano, com valor de US$ 1 milhão, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

– O Denver Broncos anunciou que acertou novos contratos para manter o linebacker Joe Jones e o defensive tackle Joel Heath.

– O acordo de Greg Van Roten com o New York Jets é de três anos, com valor de US$ 10,5 milhões, com US$ 3,25 milhões garantidos, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. O ex-guard do Carolina Panthers pode faturar até US$ 14,25 milhões com incentivos contratuais.

– O Los Angeles Chargers e o linebacker Nick Vigil fecharam um contrato de um ano, com valor de US$ 2,4 milhões, que é totalmente garantido. O valor máximo pode chegar a US$ 3 milhões, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

– O Washington Redskins contratou o tight end Logan Thomas sob contrato de dois anos, com valor de US4 6,145 milhões, com um bônus de assinatura de US$ 2,25 milhões.

Comments
To Top