NFL

Marshawn Lynch só deixará a aposentadoria se for jogar nos Raiders; veja as manchetes da segunda-feira

Marshawn Lynch, ex-running back da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

O Oakland Raiders está interessado em tirar o running back Marshawn Lynch da aposentadoria, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, contudo os direitos do jogador ainda pertencem ao Seattle Seahawks e não há indícios de que a franquia da Califórnia tenha entrado em contato com os Seahawks.

Além disso, Lynch não deu indicação que quer voltar a jogar e, segundo Mike Garafolo, da ‘NFL Network’, o ex-jogador de 30 anos ainda está refletindo sobre a ideia de voltar a jogar, mas não tomou uma decisão. A grande novidade é que, segundo Ian Rapoport, Marshawn Lynch só quer jogar para os Raiders caso deixe a aposentadoria, ou seja, ele não considera ir para qualquer outra equipe.

– Apesar do cornerback Malcolm Butler, agente livre restrito, ter trocado propostas com o New Orleans Saints, o New England Patriots não tem tomado a ação em uma possível discussão de troca e não fará isso até o atleta assinar uma oferta de US$ 3,91 milhões. Caso o atleta assine um acordo com a franquia da Louisiana, os Pats só precisarão escolher se igualam a oferta para ficar com o jogador ou se pegaram a 11ª escolha geral dos Saints e deixam Butler partir.

– Ray Rice reiterou que ele não desistiu de jogar futebol americano novamente apesar de estar fora da NFL desde 2013. “A razão de eu não estar jogando? Você liga os pontos”, disse ele. “Não é porque eu sou um jogador ruim. Eu nunca vou desistir e nunca vou ceder”.

– Manti Te’o, ex-inside linebacker dos Chargers, está perto de um acordo com o New Orleans Saints. O contrato pode ser assinado na terça-feira. De acordo com o general manager Mickey Loomis e o head coach Sean Payton, a defesa é a prioridade dos Saints nessa offseason, o que explica a movimentação mesmo com a recente contratação do linebacker A.J. Kelvin.

– O Tampa Bay Buccaneers contratou o kicker Nick Folk para competir com Roberto Aguayo e o general manager Jason Licht explicou o motivo. “Olhe as estatísticas, ele (Aguayo) não foi muito bem no ano passado”.

– Ezekiel Elliott vem sendo muito criticado por ter exposto os seios de uma mulher em 2016 durante o dia de São Patrício e, de acordo com o ‘Pro Football Talk’, os representantes do running back o informaram que ele não será punido pela NFL e que é apenas questão de tempo para o caso ser encerrado.

Comments
To Top