NFL

Lynch minimiza interceptação no final: “é um esporte coletivo”

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

O running back Marshawn Lynch poderia ter sido o herói da noite e garantido o segundo título consecutivo do Seattle Seahawks no Super Bowl XLIX, mas uma decisão equivocada do técnico Pete Carroll e do coordenador ofensivo Darrell Bevell acabou ‘ajudando’ o New England Patriots a ficar com o caneco.

Com o ataque a uma jarda de distância da end zone, o Seattle Seahawks resolveu optar por uma jogada de passe e o quarterback Russell Wilson, que lançou pelo meio, na direção de Ricardo Lockette, acabou sendo interceptado pelo novato safety Malcolm Butler. Lynch deve ter ficado decepcionado por não ter a chance de decidir o jogo.

Após a partida, a repórter Aditi Kinkhabwala, do NFL Media, perguntou ao running back se ele ficou surpreso por não receber a bola no lance e, sempre lacônico com a imprensa, o camisa 24 respondeu: “não”.

Kinkhabwala insistiu e Marshawn Lynch completou: “porque futebol americano é um esporte coletivo”.

Por conta dessa mentalidade coletiva e, claro, de seu incrível desempenho em 2014, o Seattle Seahawks não está medindo esforços para manter Lynch para a próxima temporada e, segundo Ian Rapoport, a franquia de Seattle ofereceu uma proposta de extensão de contrato que renderia US$ 10 milhões ao atleta somente em 2015. Com o acordo atual, originalmente um contrato de quatro anos, US$ 31 milhões, o running back vai ganhar US$ 5 milhões em 2015. Apesar da proposta, o futuro do corredor no time é uma incógnita.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top