NFL

Andrew Luck não precisará reembolsar dinheiro aos Colts; veja mais movimentações

Andrew Luck, quarterback do Indianapolis Colts
Andrew Luck, quarterback do Indianapolis Colts

(Crédito: Twitter/reprodução)

Mesmo com a possibilidade de o Indianapolis Colts recuperar US$ 24,8 milhões de seu ex-quarterback, a franquia chegou a um acordo financeiro com Andrew Luck e vai deixar o jogador ficar com o dinheiro.

A informação foi apurada por Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

Basicamente, os Colts estão deixando Luck ficar com todo o valor, mesmo que seja direito da organização de Indiana recuperar o dinheiro. O acordo foi selado no final da semana passada, de acordo com uma fonte com conhecimento das negociações.

Atualmente com 29 anos, Luck poderia dever aos Colts US$ 12,8 milhões como uma parte rateada de um bônus de assinatura de US$ 32 milhões que os Colts deram a ele quando ele assinou uma extensão de contrato de cinco anos em 2016. Além disso, ele teria que devoltar ao time cerca de US$ 12 milhões em bônus de elenco recebido em março.

Apesar disso, como forma de demonstrar gratidão ao QB que tomou tantas pancadas com a camisa da equipe e fez tantos sacrifícios, o Indianapolis Colts deu esse ‘presente’ de despedida ao signal caller.

Luck anunciou sua aposentadoria na noite do último sábado, de forma completamente surpreendente.

Logo depois que a notícia vazou, Jim Irsay, proprietário dos Colts, estimou que Luck poderia estar perdendo cerca de meio bilhão de dólares em possíveis rendimentos na NFL ao se aposentar tão precocemente.

“É uma coisa difícil. Vejam, ele está deixando US$ 450 milhões na mesa potencialmente. Quero dizer, meio bilhão de dólares, e ele está dizendo: ‘sabe, eu quero ter minha integridade. Eu tenho que ser capaz de olhar para T.Y. (Hilton) no olho. Olhar para meus companheiros de equipe, olhar para o Coach, olhar para Chris (Ballard) e dizer “estou completamente dentro”’, e ele simplesmente não sentiu que poderia fazer isso”, ressaltou Irsay.

Um gesto nada menos do que merecido por parte dos Colts para Luck.

Confira mais novidades na NFL neste domingo (25):

– Jay Gruden, técnico do Washington Redskins, disse aos repórteres neste domingo que ele nomeou Case Keenum como quarterback titular do time na estreia na temporada regular, no dia 8 de setembro, contra o Philadelphia Eagles.

O head coach notou que a competição pelo posto de titular não será em uma base semanal e que Keenum vai manter o posto desde que continue produzindo.

O anúncio era esperado depois que Keenum foi titular nos três jogos dos Redskins na pré-temporada até agora e, assim, é oficial que o calouro Dwayne Haskins iniciará sua trajetória na NFL como reserva.

– O wide receiver Antonio Brown, do Oakland Raiders, perdeu sua segunda queixa contra a NFL, relacionada ao uso de seu antigo capacete, mas ele está seguindo em frente com um acordo para um capacete aprovado em um futuro próximo. A informação foi confirmada por Paul Gutierrez, da ‘ESPN’ norte-americana.

Em outras notícias dos Raiders, o time colocou o running back Doug Martin na injured reserve. E Tom Pelissero, jornalista da ‘NFL Network’, apurou que o time e Martin estão trabalhando em um acordo e ele será dispensado.

A franquia californiana também dispensou o long snapper Andrew DePaola e fechou com o defensive tackle Corey Liuget e com o linebacker Bryson Allen-Williams.

– No New England Patriots, o wide receiver Josh Gordon foi removido da lista de lesionados por razões não-relacionadas ao futebol americano (NFI list). Desta forma, ele poderá voltar a jogar pela equipe e estrear no dia 8 de setembro contra o Pittsburgh Steelers.

Gordon, que foi reintegrado de forma condicional pela NFL no dia 16 de agosto, treinou em full pads pela primeira vez neste domingo.

Em outras notícias dos Pats, a equipe fechou com o linebacker Scooby Wright e com o running back Robert Martin, além de colocar o special teamer Brandon King na injured reserve e dispensar o pass rusher Keionta Davis e o wide receiver Maurice Harris.

– No Arizona Cardinals, o wide receiver calouro Hakeem Butler foi colocado na injured reserve neste domingo e está fora de toda a temporada 2019. O wideout fraturou a mão durante o segundo jogo de pré-temporada da equipe.

Butler, que foi selecionado com a primeira escolha na quarta rodada do draft de 2019, foi um de três wide receivers que os Cards selecionaram neste ano para fazerem parte do ataque liderado pelo quarterback calouro Kyler Murray.

Os Cardinals também colocaram o safety Josh Shaw na IR com uma contusão no ombro. A equipe ainda está dispensando os linebackers Andre Branch, Jeff Holland e Hayes Pullard.

– O Green Bay Packers confirmou neste domingo que está dispensando o safety Josh Jones, que vinha lidando com uma doença não-relacionada ao futebol americano.

– O defensive lineman calouro Quinnen Williams, do New York Jets, foi multado pela NFL por suas ações na semana 2 da pré-temporada. O jovem jogador tomou uma multa de pouco mais de US$ 21 mil por uma pancada atrasada dada em cima do quarterback Matt Schaub, do Atlanta Falcons, no segundo quarto da partida do dia 15 de agosto.

Williams não tomou falta na jogada e, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, ele deve apelar da punição.

– No Cleveland Browns, o safety J.T. Hassell foi multado em mais de US$ 28 mil por uma pancada desnecessária dada no jogo contra o Indianapolis Colts, no dia 17 de agosto.

– No Los Angeles Rams, o técnico Sean McVay anunciou que o linebacker Josh Carraway rompeu o tendão de Aquiles e que o offensive lineman Aaron Neary está lidando com uma fratura no tornozelo.

– O Miami Dolphins oficialmente dispensou o safety T.J. McDonald, que estava entrando em sua terceira temporada na equipe. Antes de sua passagem pela Flórida, McDonald foi membro dos Rams por quatro temporadas, após ser selecionado com a 71ª escolha geral do draft de 2013.

Comments
To Top