MLB

Longe da NFL, Tim Tebow vai buscar carreira no beisebol profissional

(Crédito: Twitter/reprodução)

(Crédito: Twitter/reprodução)

Longe da National Football League atualmente, o ex-quarterback Tim Tebow está buscando uma carreira no beisebol profissional e ele deve promover um treino para olheiros de times da Major League Baseball no final deste mês. A informação foi confirmada pelos agentes Jimmy Sexton e Nick Khan, que representam Tebow, à ‘ESPN’ norte-americana.

Por quase todo o último ano, Tim Tebow tem treinado em Arizona e em Los Angeles para melhorar suas habilidades de rebatida e de defesa. Vale ressaltar que o ex-quarterback do Denver Broncos não joga beisebol em tempo integral desde 2005.

Naquele ano, Tebow foi um jogador de beisebol ‘all-state’ na Flórida e teve uma porcentagem de rebatidas de 49,4% em seu terceiro ano, ajudando o Nease High School a chegar ao final four dos playoffs estaduais.

“Obviamente nós apoiamos Tim em sua busca por uma carreira no beisebol, como fazemos em todos os seus empreendimentos. A habilidade atlética de Tim, sua ética de trabalho, sua liderança e competitividade foram evidentes no futebol americano e vão aparecer no beisebol. Conhecendo a paixão e o desejo de Tim, nós não ficaremos surpresos em relação a qualquer coisa que ele conquistar”, falou Sexton.

Atualmente, Tim Tebow está trabalhando como comentarista da ‘ESPN’ dos Estados Unidos e ele já notificou a empresa sobre seu desejo de buscar uma carreira na MLB. Apesar disso, ele vai continuar a cumprir suas obrigações com a transmissora.

Tebow vai completar 29 anos de idade neste domingo (14) e ele chegou a fazer um teste no Los Angeles Dodgers antes de a atual temporada da MLB começar, no início de abril, de acordo com o jornalista Darren Rovell, da ‘ESPN’. Um olheiro estava presente no treinamento e a equipe californiana chegou a demonstrar interesse em Tebow posteriormente.

Adam Jones, do Baltimore Orioles, que é conhecido por sua irreverência, ironizou a notícia por meio de seu Twitter.

“Após esta temporada da MLB, eu vou fazer um teste para a NFL nesta offseason. Eu não jogo desde o colegial, mas eu atuei em alguns TurkeyBowls desde então”, escreveu o atleta, mencionando as partidas informais entre pessoas no Dia de Ação de Graças.

Chad Moeller, ex-catcher da MLB, demonstrou confiança em Tebow por meio de um comunicado divulgado pelo agente do ex-quarterback.

“Estou mais do que impressionado com a capacidade atlética e balanço de Tim, e nem é preciso dizer que ele demonstrou um alto nível de disciplina e forte ética de trabalho. Eu vejo sua velocidade no bastão, força e real talento para beisebol. Eu realmente acredito que Tim tem o conjunto de habilidades e o potencial para alcançar seu objetivo de jogar nas Major Leagues, e baseado no que eu vi nos dois últimos meses, pode acontecer de forma relativamente rápida”, falou Moeller.

Apesar da confiança do ex-catcher, um ex-diretor de olheiros da Major League não demonstrou muita confiança em Tim Tebow.

“Onze anos (sem jogar beisebol), ninguém pode compensar isso”, falou.

Todos os 30 times da MLB serão convidados para o treinamento oficial de Tim Tebow no final do mês e ele vem se preparando para o evento por todo o último ano.

Após a notícia, o Schaumburg Boomers, um time de ligas menores baseado em Illinois que atua na independente Frontier League, anunciou nesta terça que ofereceu um contrato a Tebow.

Com sua carreira no futebol americano completamente empacada, Tim Tebow acha que terá uma chance de retornar ao beisebol e é sempre divertido acompanhar essas iniciativas dele. Quem sabe a ‘Tebowmania’ não possa invadir a MLB em breve?

Em três temporadas atuando na NFL, duas com a camisa do Denver Broncos (2010 e 2011) e uma com a camisa do New York Jets (2012), Tim Tebow completou 47,9% de seus passes para 2.422 jardas e 17 touchdowns, com nove interceptações sofridas. Ele também correu para 989 jardas e 12 TDs.

Eric Decker acredita no potencial de Tebow para conquistar uma chance no beisebol – Atualmente no New York Jets, Eric Decker atuou com Tim Tebow nas duas temporadas que o quarterback passou no Denver Broncos. E, apesar de não saber se o ex-signal caller terá sucesso como jogador de beisebol, o wide receiver acredita que ele tem chances de conseguir um contrato em uma liga menor.

“Eu vou apenas dizer que se você não jogou beisebol por 10 anos ou quantos anos forem, não sei quais são as chances. Mas se eu fosse um time da Double-A ou Single-A, eu o contrataria para aumentar as vendas de ingressos. Tenho certeza que ele vai ter sucesso neste campo. Mas, falando no aspecto de habilidade, eu acho que bater em uma bola de beisebol é uma das coisas mais difíceis, então será interessante ver o progresso dele”, afirmou Decker.

Decker, contudo, tem certeza que alguém vai dar uma oportunidade ao seu ex-companheiro de time.

“Bem, é claro que ele vai conseguir. Alguém vai contratá-lo, eu garanto isso a vocês, porque é Tim Tebow e (os torcedores) vão ir para um jogo de beisebol com camisa de futebol americano, vai vender ingressos. Eu quero ver que tipo de jogador ele é. Eu não o vi jogando beisebol, mas ele é um atleta e trabalha muito duro, então obviamente ele vai colocar tudo o que tem nisso. Vamos ver”, finalizou o recebedor dos Jets.

Comments
To Top