NFL

Lincoln Riley compara pupilo Kyler Murray a Barry Sanders

Kyler Murray, quarterback da Universidade de Oklahoma

(Crédito: Twitter/reprodução)

Kyler Murray é um dos prospectos mais interessantes de 2019 ao ter uma combinação de velocidade, habilidade de lançar a bola e questões sobre sua altura. Apesar das dúvidas se ele pode se tornar um quarterback com problemas de lesão na NFL, o head coach de Oklahoma Lincoln Riley acredita no seu jogador e até o comparou ao Hall of Famer Barry Sanders.

“Sua velocidade obviamente está fora dos padrões. Ele será o quarterback mais rápido na NFL de longe desde o dia que ele entrar na liga. Mas, no topo disso, acho que as coisas que ele traz como corredor e atleticamente e sua agilidade de elite será importante. Ele sabe como jogar o esporte. Ele conhece os grandes momentos e quando precisa do first down”, disse o treinador sobre o seu pupilo.

“Ele não precisa tomar pancadas desnecessárias. Seu corpo pode aguentar algumas (pancadas), mas eu quase o comparo – sei que esse é um grande elogio -, é quase como um efeito Barry Sanders. ‘Sim, sou baixo para a posição, mas sou atlético e espero para raramente levar grandes pancadas’. Kyler levava muito poucas pancadas até mesmo que Baker (Mayfield). Ele realmente nunca levava pancadas no jogo. O cara pode se manter saudável e é muito inteligente. Ele tem uma habilidade realmente única de ter grande velocidade e agilidade”, completou Lincoln Riley.

O comandante de Oklahoma ainda notou que, durante a temporada de 2018, 85% a 90% dos passes do Kyler Murray foram feitos do pocket, o que prova que ele é mais do que um quarterback móvel.

“Você seria louco de escolher um cara como ele e não usar o seu atleticismo? Na minha opinião, sim. Mas acho que o cara pode ir e ficar no pocket 75% das vezes e ser extremamente bem-sucedido na NFL. Ele pode vencer do pocket e isso faz ele único. Ele entende o esporte”.

Comments
To Top