NFL

Le’Veon Bell não aparece no início do training camp do Pittsburgh Steelers

Le'Veon Bell, running back do Pittsburgh Steelers

(Crédito: Twitter/reprodução)

O running back Le’Veon Bell não compareceu para o início do training camp do Pittsburgh Steelers com o restante de seus companheiros, nesta quinta-feira (27), o que deixa no ar muitas dúvidas sobre a temporada 2017 do atleta.

O camisa 26 ainda não assinou sua franchise tender no valor de US$ 12,12 milhões e, portanto, não está tecnicamente sob contrato com a franquia. Desta forma, o atleta não pode ser multado pela organização pelo não comparecimento às atividades.

Bell e os Steelers não conseguiram chegar um acordo de contrato de longa duração antes do prazo final de 17 de julho e o halfback ficou bastante frustrado com isso.

Aos jornalistas, o wide receiver Antonio Brown, outro astro da franquia da Pensilvânia, reiterou a mensagem que ele havia mandado diretamente para Bell nas redes sociais e observou que a primeira parte para melhorar é comparecer.

“Ao tentar fazer algo especial, gostaríamos de ter todos os nossos caras”, afirmou o camisa 84.

Como nota o jornalista Jeremy Fowler, da ‘ESPN’ norte-americana, outros jogadores adotaram uma postura mais comedida em relação ao assunto, frisando que adorariam ver o running back no camp, mas que compreendem o lado negócio da situação.

Vale lembrar que o left tackle Alejandro Villanueva também estava sem contrato, mas ele compareceu ao primeiro dia de training camp dos Steelers nesta quinta e acabou assinando um novo contrato de quatro anos.

Bell, por ter recebido a franchise tag, não pode mais assinar um contrato de longa duração neste ano, já que o prazo final passou, porém ele pode provar o seu valor em 2017 mais uma vez e mostrar à franquia que merece faturar pesado na próxima offseason.

Em outras notícias dos Steelers, o wide receiver Martavis Bryant ainda não está elegível para treinar porque ele ainda está sob a reintegração condicional imposta pela NFL, depois de ficar muito tempo suspenso devido às suas violações da política de substâncias proibidas pela liga.

Nas últimas duas temporadas, o recebedor perdeu 20 jogos no total e, no final de abril, a NFL deixou claro que ele seria reintegrado de maneira condicional e que ainda precisaria cumprir alguns requisitos para ser completamente liberado.

Uma fonte disse à ‘ESPN’ que Bryant está com o time agora e está trabalhando para finalizar seu processo de reintegração nas próximas semanas.

“Após sua reintegração condicional em abril, Martavis Bryant foi informado de que era apenas o início de um processo para voltar a ser um membro contribuinte total do Pittsburgh Steelers. Nós fomos informados pela NFL que Martavis ainda está no processo de ser completamente reintegrado. Até este momento, Martavis poderá participar de atividades do time fora do campo durante o training camp, mas não terá a permissão de treinar ou jogar em qualquer jogo”, falou o general manager Kevin Colbert, em comunicado oficial.

Comments
To Top