NFL

LeSean McCoy: Sean McDermott é o “cara certo” para conduzir o Buffalo Bills

LeSean McCoy, running back do Buffalo Bills

(Crédito: Twitter/reprodução)

O running back LeSean McCoy, do Buffalo Bills, aprovou e muito a decisão da franquia de contratar Sean McDermott para ser o novo head coach. Em participação no programa Good Morning Football, da ‘NFL Network’, o camisa 25 relembrou que trabalhou dois anos com McDermott no Philadelphia Eagles, onde o treinador foi coordenador defensivo em 2009 e 2010, e rasgou elogios ao seu novo comandante.

De acordo com McCoy, McDermott tem o temperamento e a disciplina certos para ter sucesso como treinador dos Bills, mas o running back não criticou Rex Ryan, que foi demitido do cargo de head coach da equipe antes do final da temporada.

“Eu gosto de Sean. Mesmo quando eu estava na Filadélfia, ele estava lá e tinha coração, eu gostava dele. Eu acho que lá atrás ele teve que ser o bode expiatório. Algo está acontecendo, vocês sabem como é, e você tem que trazer alguém. Ele é durão, honesto e é justo. Eu acho que ele é o cara certo para o trabalho”, falou McCoy. “Os caras em Buffalo, precisamos de alguém em quem acreditar e confiar. E não quero falar nada de ruim sobre Rex porque eu amo Rex. Eu realmente queria que Rex permanecesse. Eu acho que é mais os jogadores, precisamos nos impor mais. Mas eu acho que Sean é um cara que vai cumprir o serviço”, prosseguiu.

O “bode expiatório” que McCoy mencionou foi a demissão de McDermott pelos Eagles em janeiro de 2011, depois que o time foi eliminado na rodada de wild card dos playoffs por dois anos consecutivos.

Em duas temporadas dele como coordenador defensivo dos Eagles, as defesas ocuparam o 12º lugar na liga em jardas cedidas por partida e 20º em pontos permitidos.

Sean McDermott passou os últimos seis anos de sua carreira como coordenador defensivo do Carolina Panthers, sendo que as defesas da franquia da Carolina do Norte ficaram entre as seis melhores em duas oportunidades.

LeSean McCoy também reiterou que as dificuldades enfrentadas pelos Bills nesta última temporada foram resultado de falta de disciplina do time sob o comando da comissão técnica anterior.

“Eu acho que a coisa que mais faltou foi a disciplina, os caras sendo responsáveis. Esse é um esporte coletivo, você precisa de todos. Você precisa de 11 caras em campo para fazer o trabalho e ele começa antes do domingo. É a preparação, a liderança e a responsabilidade de vencer jogos nesta liga”, ressaltou.

O running back também falou sobre as chances de Tom Brady, quarterback do New England Patriots e seu rival de divisão, vencer outro Super Bowl em sua carreira.

“Eu estou realmente feliz por Tom. Agora, eu jogo por Buffalo, não me interpretem mal, é a mesma divisão. Mas eu amo ver um jogador que está construindo o seu legado. Significaria muito vê-lo ganhando outro campeonato. Ele está se tornando um dos maiores quarterbacks da história. Construir um legado é difícil, a liga é difícil. Se os torcedores e as pessoas soubessem quão difícil é para esse cara continuar e voltar a ganhar títulos. E depois de todo esse ano com o (Deflategate)… eu não quero falar sobre isso, se ele estava certo ou errado, mas eles o puniram. E ele voltou forte. Então isso é incrível, uma conquista”, elogiou.

McCoy também foi questionado sobre sua reação há dois anos, quando foi trocado pelo Philadelphia Eagles pelo linebacker Kiko Alonso.

“E, na época, eu não sabia quem era… eu simplesmente não entendi. Normalmente, quando caras são trocados é uma situação de dinheiro ou pelo rendimento que vem caindo, e essas duas coisas simplesmente não foram o caso”, falou, deixando claro que não soube o motivo real da negociação.

“Eu não tenho certeza. Isso é algo que eu não posso responder. A única coisa que eu posso pensar e dizer a vocês a verdade é: estou com um time com o qual estou feliz e eles chegaram quando eu fui trocado e me deram um contrato. Eles têm sido especiais para mim, muito especiais, de uma maneira boa, então estou feliz”, disse.

LeSean McCoy foi perguntado sobre a reação aos seus comentários criticando Chip Kelly, que foi seu técnico no Philadelphia Eagles, e garantiu que não se arrepende de nada do que falou.

“Eu fui honesto. Mas quer saber? Eu meio que notei isso depois do fato de que ele teve esse time (na Filadélfia) caindo, eles o demitiram e (ele) foi para San Fran e a mesma coisa aconteceu lá. Então meio que foi ‘OK, talvez LeSean McCoy estava certo’. Mas demorou muito. Por isso, levou um ano ou dois (com) as críticas e as reações. Mas eu sou uma pessoa honesta… nada de errado com isso”, observou.

Na temporada 2016, em 15 jogos como titular dos Bills, McCoy correu 234 vezes para 1.267 jardas e 13 touchdowns, além de ter feito 50 recepções para 356 jardas e um TD.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top