NFL

Leonard Fournette: jogo na NFL é “muito mais lento do que eu pensava”

Leonard Fournette, running back do Jacksonville Jaguars

(Crédito: Twitter/reprodução)

Nada como uma boa estreia para dar confiança, não é mesmo? O running back Leonard Fournette teve uma grande primeira atuação com a camisa do Jacksonville Jaguars, na vitória do time sobre o New England Patriots por 31 a 24, no primeiro jogo das equipes na pré-temporada, e celebrou.

Selecionado com a quarta escolha geral do draft de 2017, o ex-running back de LSU correu nove vezes para 31 jardas e marcou um touchdown em uma corrida de uma jarda. E o desempenho o deixou animado.

Ele, inclusive, achou que jogar na NFL pela primeira vez foi mais simples do que ele pensava.

“É muito mais lento do que eu realmente pensava. É assim que tem sido para mim desde que entrei na NFL. Muitas pessoas me falavam: ‘vai ser rápido’. Mas, por eu ter jogado na SEC (conferência de Divisão I do futebol americano universitário), me ajudou bastante”, declarou o camisa 27 dos Jags à ‘NFL Network’. “Acho que, para mim, foi realmente fácil”, prosseguiu.

A declaração de Fournette realmente não é do tipo de quem está se achando e tudo mais. É algo que parte de um calouro que está confiante com seu desempenho e que sabe que pode fazer a diferença no ataque dos Jaguars.

“Eu tive pressão em toda a minha vida”, falou Fournette à ‘NFL Network’. “Estou preparado para isso. Não importa quais sejam as circunstâncias, eu nunca deixei o jogo ficar maior do que eu e sempre me mantive humilde. Essa é a coisa principal”, frisou.

Leonard Fournette já havia afirmado durante o training camp que estava cada vez mais confortável e que, desde que os jogadores começaram a treinar com pads, que as coisas pareciam mais lentas.

Após o jogo desta quinta à noite, o calouro disse que acha que pode ter uma temporada similar à que Ezekiel Elliott teve como calouro do Dallas Cowboys em 2016. No ano passado, Zeke liderou a NFL em corridas com 322 carregadas para 1.631 jardas, terceira maior marca para um calouro na história da NFL e terceira maior quantidade de corridas por um calouro desde 2000.

Apenas LaDainian Tomlinson (com 339 em 2001) e Alfred Morris (com 335 em 2012) tiveram mais carregadas em suas temporadas iniciais na NFL.

“Sim, eu acho. (…) Sou um cara confiante e tenho passar a confiança para minha linha ofensiva também. Você precisa sentir que não pode ser parado”, finalizou Fournette.

Comments
To Top