NFL

Landon Collins pede desculpas após chamar Eli Apple de “câncer”

Landon Collins, safety do New York Giants, e Eli Apple, cornerback

(Crédito: Twitter/reprodução)

O safety Landon Collins, do New York Giants, pediu desculpas nesta quarta-feira (27) por chamar o companheiro de equipe Eli Apple de “um câncer”, dizendo em um tweet que ele “nunca vai deixar de apoiar” o jovem cornerback.

Collins publicou seu tweet conciliador um dia depois de detonar Apple durante uma entrevista à rádio ‘98.7 ESPN New York’.

“Eu me encontrei com o Coach Spags e com Eli nesta manhã e pedi desculpas pelas coisas que disse ontem. Eu nunca vou deixar de apoiar meu irmão/companheiro de equipe Eli e o resto de meus companheiros enquanto seguimos adiante. Só quero que ele saiba que estou sempre aqui para ele @EliApple13”, escreveu na rede social.

Ao ser questionado na última terça sobre o que precisaria ser feito para melhorar a secundária dos Giants, Collis elogiou os cornerbacks Dominique Rodgers-Cromartie e Janoris Jenkins, mas não poupou Apple de duras críticas, mesmo sem citar o nome do companheiro.

“Há apenas um corner que (…) precisa crescer e todos sabemos quem é”, falou Collins, que é um dos jogadores mais respeitados no vestiário dos Giants. “Essa seria a única pessoa que eu tiraria do nosso grupo da secundária. Além disso, os outros dois caras (Rodgers-Cromartie e Jenkins), eu os amo. Eles jogam duro. Eles amam o que fazem. Mas aquela primeira escolha (Apple)… ele é um câncer.”, completou.

Apple se recusou a falar com os jornalistas nesta quarta e, horas depois, o New York Giants anunciou que o cornerback está suspenso para o último jogo da temporada 2017.

Após uma conversa com Apple e Collins nesta quarta, o técnico interino Steve Spagnuolo disse que acha que ambos podem “absolutamente” coexistir no elenco dos Giants no futuro.

“É algo entre eles. Eles foram muito bem (na reunião) e vou deixar isso por isso mesmo”, observou o head coach.

Collins, que foi colocado na injured reserve nesta última terça-feira devido a uma fratura no antebraço, teve que ser contido para não chegar às vias de fato com Apple nas últimas semanas, segundo reportagem da ‘NJ Advance Media’.

Collins disse na semana passada, durante sua participação semanal no rádio, que Apple precisava crescer.

O clima ruim entre os dois chegou ao ápice quando Collins soltou na imprensa que ele teve várias conversas com Apple sobre suas dificuldades e sobre se portar de maneira profissional. No dia seguinte, Apple negou que as conversas tivessem ocorrido.

Entre as diversas ações péssimas de Apple houve o episódio em que o cornerback publicou mensagem no Twitter da lateral do campo durante a derrota para o Dallas Cowboys, no dia 10 de dezembro.

Mesmo tendo sido selecionado na primeira rodada de um draft, o futuro de Apple nos Giants é cercado de dúvidas. Com o técnico Ben McAdoo e o general manager Jerry Reese demitidos semanas atrás, Apple pode ser um alvo fácil de dispensa para o futuro novo head coach e o novo GM.

Comments
To Top