NFL

Lamar Jackson x Russell Wilson: três argumentos para cada na briga pelo MVP

Lamar Jackson x Russell Wilson

Cá estamos nós chegando à semana 14 da temporada 2019 da National Football League com um duelo que está chamando a nossa atenção: Lamar Jackson x Russell Wilson.

Sim, os quarterbacks de Baltimore Ravens e Seattle Seahawks, respectivamente, estão travando uma batalha pelo prêmio de MVP (Most Valuable Player, em inglês, ou Jogador Mais Valioso). E essa disputa está realmente acirrada.

Nas últimas semanas, Jackson parece ter dado uma disparada no favoritismo, o que pode ser inclusive mensurado pelas casas de apostas esportivas.

Uma casa de apostas britânica famosa (ah, nada como esses nomes genéricos para quem não nos patrocina) está com as seguintes cotações (odds) para o prêmio de MVP (aferição feita neste sábado), levando em conta apenas os cinco principais candidatos:

  • Lamar Jackson – 1.36
  • Russell Wilson – 4.0
  • Deshaun Watson (quarterback do Houston Texans) – 13.0
  • Patrick Mahomes (quarterback do Kansas City Chiefs) – 34.0
  • Aaron Rodgers (quarterback do Green Bay Packers) – 41.0

Mesmo que você não entenda bolhufas de apostas esportivas, fica evidente que Jackson e Wilson são, sim, os dois candidatos mais quentes e que o prêmio individual mais importante da NFL não sai das mãos de um deles (a menos que haja uma hecatombe). Mas, neste texto, queremos falar mais do que isso.

Quem ouve o nosso podcast Quinto Quarto Expresso e acompanha nosso site, sabe que eu apostei em Wilson para MVP e que sigo fechado com o QB dos Seahawks. Mas, cada vez mais (MESMO), eu vejo dando meu braço a torcer e considerando Jackson como favorito.

Aqui, contudo, isso não importa. Quero deixar qualquer palpite de lado e trazer, rapidamente, três argumentos pró-Lamar e três argumentos pró-Wilson.

Como este é um texto leve para ser lido neste final de semana, vamos ser bem rápidos e apenas trazer três fatores em defesa de cada um dos QBs para que eles faturem esse prêmio na véspera do Super Bowl LIV. Vale lembrar que o NFL Honors, cerimônia de gala da NFL, será no dia 1º de fevereiro, na véspera da grande decisão da temporada 2019, em Miami.

Sem mais nhenhenhém, vamos a eles.

3 argumentos pró-Lamar Jackson

  • Ele é a sensação do momento

Não, não devemos brigar contra os fatos. O camisa 8 do Baltimore Ravens é tudo o que mais estamos gostando de assistir nesta temporada 2019 e isso porque ele é REALMENTE talentoso.

Lamar Jackson tem uma mobilidade quase que desumana para um quarterback e consegue ganhar jardas com as pernas como nenhum outro QB na história da liga jamais foi capaz. Ele é um Michael Vick anabolizado (vou falar mais sobre isso no próximo argumento) e mostrou que é sim o franchise QB que a franquia de Maryland estava procurando.

O melhor de tudo é: ele tem apenas 22 anos de idade e está em sua primeira temporada como titular absoluto do time de John Harbaugh.

Em 12 jogos até agora (sem contar esta semana 14), Jackson acertou 66,5% de seus passes (214 de 322) para 2.532 jardas, 25 touchdowns e cinco interceptações.

Deixei as corridas por último para que você não fique de queixo caído e pare de ler o restante do argumento: 140 corridas para 977 jardas e sete touchdowns.

UAU!

  • Michael Vick 2.0

Lamar Jackson está muito próximo de quebrar o recorde de Michael Vick de maior número de jardas corridas por um QB em uma temporada. Em 2006, Vick somou 1.039 jardas terrestres e se tornou o único quarterback a ter uma temporada com 1.000 jardas corridas.

Como você já viu, o astro dos Ravens tem 977 e ainda faltam quatro jogos na temporada regular de 2019. E é extremamente provável que ele supere isso já neste domingo, contra o Buffalo Bills.

Quer mais?

Em menos de duas temporadas regulares até agora, Lamar já soma 1.672 jardas corridas na carreira profissional e 12 TDs. Vick, em sua carreira inteira de 13 temporadas, correu para 6.109 jardas.

Alguém sente cheiro de novo recorde em um futuro próximo por aí?

  • Ele não é só um corredor

Além de ter uma capacidade atlética fora do comum para o QB, Jackson melhorou muito como passador, algo em que ele não era realmente bom em sua temporada de calouro, em 2018.

Enquanto no ano passado, em ação limitada, ele acertou apenas 58,2% de seus lançamentos e sofreu três interceptações, neste ano, em muito mais passes lançados (322 contra 170), ele acertou mais lançamentos (66,5%) e sofreu apenas duas interceptações a mais (cinco contra três em 2018).

E ele ainda tem muita margem para evoluir ainda.

3 argumentos pró-Russell Wilson

  • Os números de Wilson como QB em 2019 são melhores do que os de Jackson

Isso é inegável. Sem levar em consideração o jogo corrido, Russell Wilson tem números melhores do que Lamar Jackson nesta temporada.

Em 12 jogos comandando o ataque do Seattle Seahawks, o camisa 3 acertou 67,4% de seus passes para 3.177 jardas, 26 touchdowns e quatro interceptações.

São 645 jardas aéreas a mais, quase 1% a mais de passes completados e um TD a mais (OK, empate quase técnico nestes quesitos) e uma interceptação a menos com 61 lançamentos a mais.

Média de 8,3 jardas por tentativa contra 7,9 de Jackson e passer rating de 111.1 contra 109.6 de Jackson.

Sim, os números são bem parelhos, mas os de Wilson atraem mais.

  • Tem tudo o que Lamar tem também (só que melhor)

Wilson também é um quarterback que sabe muito bem correr com a bola. Prova disso são as 3.935 jardas terrestres e 19 TDs pelo chão em oito temporadas na NFL até agora.

E mais: Wilson é um signal caller mais completo e mais líder do que Jackson.

Sim, eu sei que ele tem muito mais anos de liga e que é até injusto comparar. Mas, Wilson é a alma desses Seahawks do head coach Pete Carroll. É um líder vibrante dentro e fora do gramado, podendo mudar a partida com apenas alguns passes.

Eu gosto de Lamar Jackson, mas realmente não sinto que ele já seja tão decisivo quanto Wilson é.

  • Pelo que ele já fez, merece demais um MVP

Eu tenho plena consciência que o prêmio de MVP é pelo que um jogador faz NAQUELA TEMPORADA. Mas, em algumas ocasiões em que há a possibilidade de corrigir as injustiças históricas, isso deve ser feito.

É o caso desse prêmio de MVP da temporada 2019 para Wilson.

Atualmente em sua oitava temporada na liga, Wilson já conseguiu na carreira: ser titular em dois Super Bowls (e ganhar o título do Super Bowl XLVIII atropelando o Denver Broncos), acumular seis seleções ao Pro Bowl, ser o recordista em vitórias por um QB ao longo de sete temporadas (75) e ter um passer rating acima de 100 na carreira até agora (101.5) em todos esses anos.

Wilson é daqueles QBs que não surgem na NFL todos os anos, quando muito em uma década. Em 124 jogos, ele tem 64,6% de passes completados para 28.801 jardas, 222 touchdowns e 67 interceptações.

Ele já tem o prêmio de Calouro do Ano da NFL em 2012. Agora, só falta o de MVP para coroar uma carreira brilhante até agora (e para não correr o risco de ele se tornar uma injustiça como a da qual Drew Brees foi vítima).

Lamar Jackson tem muitos anos mais para conseguir esse MVP.

Comments
To Top