NFL

Kyle Shanahan teve dias “de luto” após aquisição de Jimmy Garoppolo

Kyle Shanahan, técnico do San Francisco 49ers

(Crédito: Twitter/reprodução)

Jimmy Garoppolo chegou no San Francisco 49ers e fez a equipe mudar de patamar. Apesar disso, o head coach não viu a chegada do quarterback, que chegou de troca com New England Patriots, como uma dádiva de Deus. Apesar de ter forte consideração pelo jogador de 26 anos, o comandante da franquia da Califórnia ainda sonhava com um reencontro com Kirk Cousins.

“Para Kyle, acho que a coisa que eu diria para as pessoas é que fizemos o negócio e depois houve alguns dias em que Kyle Shanahan estava de luto, porque acho que todo mundo sabe que o plano era ter Kirk Cousins”, declarou o general manager John Lynch.

“Estava orgulhoso de Kyle, porque acho que ele sabia que isso era a coisa certa para nossa franquia e ele não hesitou. Mas, mesmo assim, Jimmy teve que realmente provar a si mesmo. Acho que foi muito inteligente. Ele não jogou imediatamente. Ele esperou até que (Jimmy) tivesse algum conhecimento do nosso esquema e o colocou em posição de ter sucesso. Diria que Jimmy realmente impressionou Kyle ao ponto de ele dizer: ‘esse é o nosso cara'”.

Isso não significa que Shanahan era cético em relação à Garoppolo, mas o ex-reserva de Tom Brady ainda encontrava a sombra do sonho de Kirk Cousins comandar o ataque do San Francisco 49ers.

“Sim, (a sombra de Cousins) estava lá (nos primeiros jogos de Garoppolo). Todos sabem o que penso de Kirk. Acho que isso mostra como me sinto em relação à Jimmy, o fato de ele ter feito as coisas. Não sou um cara que vai ficar animado e simplesmente ir com o ímpeto. Costumo fazer o oposto, questionar para ter certeza que estou absolutamente confiante e não estou indo com o impulso”, comentou o head coach dos Niners em entrevista ao ‘The MMQB’.

Comments
To Top