NFL

Kicker Cairo Santos homenageia Brasil em seu novo par de chuteiras

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

Representante do Brasil na National Football League, Cairo Santos arranjou uma nova maneira de homenagear o seu país nos campos dos Estados Unidos. Em sua conta oficial no Instagram, o kicker do Kansas City Chiefs publicou uma foto de seu novo par de chuteiras brancas, que trazem uma pequena bandeira do Brasil na parte de trás.

Além da homenagem ‘brasileira’, as chuteiras também têm gravadas próximo à bandeira a sigla “CS5”, que representam as iniciais do nome do kicker, além de seu número de camisa na franquia do Missouri.

Na publicação da foto na rede social, Cairo escreveu: “Brasil comigo dentro de campo nessa temporada”.

O kicker, que utilizou as chuteiras nesta semana, quando os Chiefs iniciaram seus treinamentos de offseason, falou sobre a ideia.

“Dessa forma eu posso mostrar de onde venho e representar o Brasil. É um design legal e um look realmente novo”, falou. “O futebol americano está crescendo muito no Brasil. Eu queria que os torcedores lá se sentissem como se estivessem em campo comigo. Eu quero ser um embaixador para ajudar o esporte a crescer ainda mais no Brasil”, prosseguiu.

O novo par de chuteiras foi aprovado inclusive por alguns companheiros de equipe, entre eles o wide receiver Jeremy Maclin.

“Ele é um grande fã de chuteiras brancas. Ele foi o primeiro a notar e vir dar uma olhada. Ele aprovou. Isso fez eu me sentir bem”, falou o brasileiro.

Cairo Santos assinou com o Kansas City Chiefs em 2014, como agente livre não draftado originário da Universidade de Tulane. Ele chegou aos Estados Unidos fazendo um intercâmbio ainda no colegial e se estabeleceu em Jacksonville, na Flórida. Ele pouco conhecia sobre futebol americano na época e guardava a esperança de ganhar uma bolsa de estudos em alguma universidade norte-americana.

“Tudo na minha mente naquela época era sobre futebol. Mas no final do colegial, eu tive que escolher entre futebol e futebol americano. Eu escolhi futebol americano. O dinheiro da bolsa de estudos de futebol era 50 a 75% (dos custos totais). Ainda haveria alguns custos extras para meus pais. Eles já haviam feito um investimento alto para eu passar três anos no ensino médio nos Estados Unidos”, relembra. “Quando Tulane me ofereceu uma bolsa integral para futebol americano, e sabendo quão respeitado é um diploma daquela escola, foi uma escolha óbvia. Eu estava disposto a desistir do futebol (soccer) para isso”, completou.

Além de ter se formado em administração de empresas em Tulane, Cairo Santos ainda conseguiu mostrar aos Chiefs que merecia um emprego na National Football League e vem surpreendendo os brasileiros.

Em duas temporadas na liga, Cairo acertou 82.1% de seus field goals (55 de 67 chutados) e marcou 242 pontos ao todo na NFL. O brasileiro, inclusive, tem um bom aproveitamento de 16 chutes certos em 21 entre 40 e 49 jardas de distância.

Comments
To Top