NFL

Julian Edelman revela que pode ter evitado tiroteio em escola

Julian Edelman, wide receiver do New England Patriots

(Crédito: Twitter/reprodução)

Graças às ações rápidas de Julian Edelman fora de campo, um desastre pode deixar de ter acontecido.

Em entrevista ao jornal ‘The New York Times’, o wide receiver do New England Patriots revelou como ele e sua assistente pessoal entraram em contato com as autoridades depois que uma ameaça foi publicada em um comentário na conta pessoal do atleta no Instagram.

Na publicação, um jovem ameaçou fazer um tiroteio em uma escola e Edelman comunicou a ameaça, o que levou o jovem a ser detido.

Segundo Edelman, a reflexão sobre o massacre com arma de fogo em fevereiro, ocorrido em Parkland, na Flórida, o levaram a tomar a atitude.

“Com as emoções do que aconteceu, e eu tenho um filho agora, eu disse: ‘Deus do céu, o que está acontecendo?’”, declarou Edelman.

Depois que um usuário do Instagram notificou Edelman sobre o comentário, o wide receiver informou sua assistente pessoal Shannen Moen, que caçou o comentário na rede social antes de encontrar a mensagem.

“Eu vou fazer um tiroteio na minha escolha, assistam o noticiário”, lia-se na mensagem.

Moen imediatamente notificou a polícia e as autoridades fizeram o resfriamento do IP e descobriram que vinha de Michigan.

Então a polícia de Port Huron, em Michigan, então prendeu um jovem de 14 anos , que admitiu ter escrito a mensagem.

Ele então foi acusado por fazer falsa ameaça de terrorismo, um crime, segundo o ‘NYT’.

“Graças a Deus, esse garoto disse algo. Nós vamos algo a ele, um pacote de ajuda, apenas por sua atitude. Ele é o verdadeiro herói”, finalizou Edelman, falando sobre a pessoa que avisou do comentário.

Comments
To Top