NFL

Josh Rosen machuca dedo do pé esquerdo no TNF; veja boletim de lesões

Josh Rosen, quarterback do Arizona Cardinals

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback calouro Josh Rosen, do Arizona Cardinals, machucou o dedo do pé esquerdo durante a derrota para o Denver Broncos, no Thursday Night Football, mas aparentemente não é nada mais significativo.

O signal caller afirmou que está “bem” e que ele estava “apenas pegando leve” quando ele caiu segurando o pé esquerdo no último quarto da acachapante derrota por 45 a 10.

Apesar da garantia de Rosen que ele ficará bem, o técnico Steve Wilks afirmou que vai esperar a avaliação do médico dos Cardinals.

“Ele acha que está bem, mas eu não vou me sentar aqui e dizer que esse é o caso”, afirmou o head coach na coletiva pós-jogo.

Wilks admitiu que Rosen “provavelmente” não deveria ter ficado tanto em campo já que o jogo estava basicamente decidido, mas que ele queria que Rosen pegasse mais formações defensivas do adversário para ajudá-lo a “crescer e amadurecer dentro do ataque”.

Também nos Cards, o tight end Ricky Seals-Jones sofreu uma lesão no antebraço durante a derrota para os Broncos.

Confira mais notícias de lesões na NFL nesta quinta (18):

– O Atlanta Falcons, que vem sofrendo com lesões nesta temporada, teve uma boa notícia com o retorno do defensive tackle Grady Jarrett.

O técnico Dan Quinn disse em sua participação semanal na rádio ‘92.9 The Game’ que Jarrett (tornozelo) vai retornar aos treinos nesta quinta. O time se prepara para enfrentar o New York Giants no Monday Night Football.

Jarrett não atua desde que sofreu a contusão no tornozelo na semana 4.

O defensive end Derrick Shelby, que ficou afastado dos últimos quatro jogos com um problema na virilha, também está voltando às atividades.

Em outras notícias do departamento médico dos Falcons, Quinn afirmou que os wide receivers Mohamed Sanu (quadril) e o calouro Calvin Ridley (tornozelo) iam treinar de forma limitada nesta quinta e confirmou que o kicker Matt Bryant (músculo posterior da coxa) não vai atuar no MNF.

O running back Devonta Freeman passou por cirurgia para reparar uma lesão de músculo central, como confirmou o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. O procedimento cirúrgico foi bem-sucedido

– No Denver Broncos, o wide receiver Emmanuel Sanders saiu na segunda metade do TNF contra o Arizona Cardinals depois de sofrer uma contusão no tornozelo. O problema não parece ser grave.

O running back Royce Freeman sofreu uma contusão no tornozelo e o safety Darian Stewart saiu no primeiro quarto do TNF depois de sofrer uma lesão no pescoço, segundo o técnico Vance Joseph.

O retornador/wide receiver DaeSean Hamilton sofreu uma contusão no joelho direito contra os Cardinals depois que o cornerback Brandon Williams, dos Cardinals, colidiu com suas pernas em um fair catch. O defensive end Derek Wolfe sofreu uma contusão na costela no terceiro quarto.

– No Minnesota Vikings, o running back Dalvin Cook (músculo posterior da coxa) não treinou nesta quinta, um dia depois de treinar normalmente. A condição de Cook não é uma boa previsão em relação às chances de ele jogar no domingo contra o New York Jets.

– No Jacksonville Jaguars, o running back Leonard Fournette (músculo posterior da coxa) não treinou, como anunciou a organização. Fournette, que também não treinou na quarta, está em risco de perder seu terceiro jogo seguido.

– No Houston Texans, o wide receiver DeAndre Hopkins (pé) ficou fora do treino. Ele treinou de maneira limitada na quarta.

– No Los Angeles Chargers, o técnico Anthony Lynn afirmou que o defensive end Joey Bosa, que ainda não atuou nesta temporada devido a um problema no pé, segue no cronograma para talvez poder estrear na semana 9 contra o Seattle Seahawks.

Ele está no sul da Califórnia se reabilitando enquanto o time está em Londres para o confronto de domingo contra o Tennessee Titans.

Os Chargers devem estar sem o kicker Caleb Sturgis neste domingo em Londres. Ele treinou de forma limitada com uma lesão na virilha nesta quinta pelo segundo dia consecutivo.

– No Miami Dolphins, o técnico Adam Gase disse aos repórteres que o quarterback Ryan Tannehill (ombro) não está em um plano de descanso e que o time não considera cirurgia para o signal caller.

O defensive end Cameron Wake está se aproximando de um retorno depois de passar por uma artroscopia no joelho. O pass rusher não atua desde a semana 4.

– O cornerback E.J. Gaines, do Cleveland Browns, foi colocado no protocolo de concussão nesta quinta e não vai atuar no domingo contra o Tampa Bay Buccaneers.

O técnico Hue Jackson disse que Gaines relatou os sintomas pela manhã e foi colocado no protocolo pouco depois. O head coach falou que o defensive back não se machucou no treinamento.

Também nos Browns, o center JC Tretter estava usando uma bota protetora na quinta devido a uma entorse no tornozelo. Ele vai testar o tornozelo no domingo para ver se poderá atuar, mas se ele não puder o calouro Austin Corbett será titular. Os Browns estarão sem o linebacker Joe Schobert, que está com problema no músculo posterior da coxa.

– No Kansas City Chiefs, o safety Eric Berry (calcanhar), o outside linebacker Justin Houston (músculo posterior da coxa) e o center Mitch Morse (concussão) não treinaram pelo segundo dia consecutivo.

– No Chicago Bears, o técnico Matt Nagy disse que o outside linebacker Khalil Mack (tornozelo) segue sendo avaliado dia a dia. Mack, que não treinou na quarta, voltou a não treinar nesta quinta.

– No Indianapolis Colts, o wide receiver T.Y. Hilton treinou de maneira limitada enquanto ele continua a se recuperar de lesão no músculo posterior da coxa.

– No Dallas Cowboys, o linebacker Sean Lee (músculo posterior da coxa) foi elevado para participante sem limitações no treino.

O wide receiver Terrance Williams foi suspenso por três jogos devido a uma violação da política da política de substâncias de abuso da NFL. Williams está atualmente na injured reserve.

– No Detroit Lions, o guard T.J. Lang (concussão) treinou normalmente.

– O New Orleans Saints colocou o wide receiver Ted Ginn na injured reserve devido a uma contusão no joelho.

– No Washington Redskins, o wide receiver Jamison Crowder deve perder algumas semanas por causa de uma entorse no tornozelo, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. O time promoveu o wide receiver Jehu Chesson do elenco de treinamento (practice squad) para assumir seu lugar no elenco ativo.

A ressonância magnética realizada em Crowder trouxe boas notícias, já que a ausência não deve ser por um longo prazo.

Comments
To Top