NFL

Josh Allen se destaca no Combine; veja o resumo do sábado

Josh Allen

O sábado marcou os dias dos quarterbacks, wide receivers e tight ends NFL Scouting Combine, que está sendo realizado no Lucas Oil Stadium, em Indianápolis.

Começando pelos quarterbacks, Sam Darnold se destacou ao cravar 4,85 segundos no tiro de 40 jardas, entretanto ele não fez arremessos, o que foi um pouco decepcionante para quem queria ver o potencial do jogador de USC.

Comparado com Carson Wentz, Josh Allen teve tempo de 4,75 segundos no 40 yard dash, superando os 4,77 do signal caller do Philadelphia Eagles em 2016. O atleta de Wyoming mostrou ter um bom braço e ter bastante atleticismo. Além disso, sua precisão em passes longos e médios e a melhora nas mecânicas e trabalho de pés impressionou.

Lamar Jackson, de Louisville, mostrou ser um dos melhores atletas dessa classe de draft, no entanto foi protocolar em seus arremessos, deixando a desejar nesse quesito. Seu trabalho de pés também não foi dos melhores.

Baker Mayfield mostrou ter algo a mais em seus arremessos e mostrou porque foi vencedor do Heisman Trophy. O jogador de Oklahoma, de acordo com especialista da ‘NFL Network’, por vir a ser escolhido na primeira rodada após sua exibição.

Josh Rosen, de UCLA, demonstrou um equilíbrio em seus arremessos, mas sua precisão não foi boa, o que fez ele ser uma das decepções. Analistas acreditam que ele é o quarterback mais polido da classe de 2018. Por fim, Mason Rudolph, de Oklahoma State, teve uma grande precisão nos passes profundos.

Passando para os wide receivers, DJ Clark (LSU) teve tempo de 4,34 segundos no tiro de 40 jardas e fez recepções com bastante suavidade. Michael Gallup (Colorado State), que é projetado para ser escolhido na segunda rodada, surpreendeu ao cravar 4,52 segundos no 40 yard dash por causa do seu tamanho e peso.

Christian Kirk teve tempo abaixo de 4,50 na corrida e se mostrou bastante sólido. O jogador de Texas A&M foi comparado a Greg Jeffins, ex-Green Bay Packers, e foi classificado como durão e com “mãos extraordinárias”.

Calvin Ridley se mostrou bastante rápido (4.43 segundos) e especialistas acreditam que ele pode seguir o caminho de Julio Jones e Amari Cooper, que também foram de Alabama. D.J. Moore (Maryland) impressionou bastante no Combine e apareceu como uma das principais opções para a posição. Além disso, ele teve tempo de 4,42 segundos no tiro de 40 jardas.

Antonio Callaway (Florida) ressucitou na lista de prospectos com sua grande exibição. Ele teve tempo de 4,41 e mostrou números sólidos nos pulos. Sua agilidade, controle de corpo e habilidade de correr as rotas também foram pontos fortes.

Cedrick Wilson (Boise State) mostrou do que é capaz e apresentou mãos boas e suaves. Já Equanimeous St. Brown (Notre Dame) aparece como uma opção interessante por causa de sua velocidade e biotipo.

Para finalizar passamos pelos tight ends. Mark Andrews (Oklahoma) marcou tempo de 4,67 segundos no tiro de 40 jardas e demonstrou capacidade para executar as rotas e pegar as bolas.

Mike Gesicki (Penn State) também surpreendeu, principalmente por sua capacidade de correr, pular e pegar a bola. E Hayden Hurst (South Carolina) mostrou habilidade nos bloqueios.

Comments
To Top