NFL

Jordy Nelson deixa jogo contra Giants com lesão nas costelas; veja boletim de lesões

Jordy Nelson, wide receiver do Green Bay Packers

(Crédito: Twitter/reprodução)

O wide receiver Jordy Nelson, do Green Bay Packers, saiu durante o jogo contra o New York Giants, na noite deste domingo (8), com uma lesão na costela e não retornou ao duelo. A contusão foi sofrida no segundo quarto do confronto válido pela rodada de wild card dos playoffs da Conferência Nacional (NFC).

O camisa 87 tomou uma forte pancada no tronco dada pelo safety Leon Hall, dos Giants, depois que ele soltou um passe lançado pelo quarterback Aaron Rodgers perto da lateral do campo. Nelson se contorceu em frente ao banco de reservas dos Packers antes de ser ajudado e se sentou logo depois. Posteriormente, ele foi avaliado de maneira mais detalhada no vestiário.

Jordy Nelson foi inicialmente listado com questionável para retornar, mas a franquia de Wisconsin o descartou para o restante da partida pouco depois do intervalo.

Antes de sair do jogo, o wideout fez uma recepção para 13 jardas.

Depois da partida, o técnico Mike McCarthy não deu mais detalhes sobre a contusão de Nelson, mas há a preocupação de que ele possa ficar fora da partida contra o Dallas Cowboys, na rodada de divisão dos playoffs da NFC.

“Eu, obviamente, tenho preocupação com Jordy, mas não tenho nenhuma informação ainda”, falou o head coach.

O quarterback Aaron Rodgers afirmou que “seria uma perda enorme” caso Jordy Nelson não consiga atuar no próximo compromisso da equipe na pós-temporada.

Na temporada regular de 2016, Nelson fez 97 recepções para 1.257 jardas e 14 touchdowns em 16 jogos, sendo um dos principais alvos de Aaron Rodgers. O bom desempenho se deu depois de ele perder toda a temporada 2015 da NFL devido a uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Em outras notícias do departamento médico dos Packers, o linebacker Blake Martinez lesionou o joelho contra o New York Giants, enquanto que o running back Ty Montgomery precisou de ajuda para sair de campo com uma lesão sofrida no último quarto.

Confira outras notícias de lesões deste domingo (8):

– Matt Moore: o quarterback do Miami Dolphins disse que foi “morto” pelo linebacker Bud Dupree, do Pittsburgh Steelers, durante a derrota do time da Flórida, mas o camisa 8 garantiu que não sofreu uma concussão. O signal caller revelou que ficou mais preocupado com a chance de ter perdido um ou mais dentes no lance.

Moore tomou uma pancada muito forte dada por Dupree no segundo quarto do jogo deste domingo e ficou caído no chão por mais de dois minutos conversando com os médicos. Ele saiu de campo e foi substituído por poucas jogadas pelo reserva T.J. Yates, mas pouco depois Matt Moore colocou seu capacete e retornou à partida, menos de cinco minutos depois da pancada.

“Eu realmente precisava de um tempo fora. Obviamente, com todos os protocolos, você vê os médicos e tudo mais. Ficou tudo bem”, falou.

Após a partida, o Miami Dolphins divulgou um comunicado dizendo: “Matt Moore foi avaliado e liberado pelo consultor neurológico independente e pelo médico da equipe antes de voltar ao jogo”.

O quarterback dos Dolphins disse só ter sentido dores nas costas e no queixo depois da pancada. Ele não chegou a dizer que o contato de Dupree foi sujo, mas o linebacker tomou uma falta na jogada.

– Jay Ajayi: o running back dos Dolphins perdeu a reta final da derrota de seu time para o Pittsburgh Steelers, neste domingo, depois de sofrer uma lesão no ombro no último quarto. Ajayi disse que ele “reagravou” uma contusão inicialmente sofrida na semana 16, mas afirmou que “deve ficar bem”.

– Ben Roethlisberger: o quarterback do Pittsburgh Steelers lesionou o tornozelo direito e foi visto usando uma bota protetora após a vitória sobre o Miami Dolphins, mas ele garantiu que estará em campo no próximo final de semana para pegar o Kansas City Chiefs na rodada de divisão.

– Ladarius Green: o tight end dos Steelers, que ainda está passando pelo protocolo de concussão, não participou da vitória de seu time sobre o Miami Dolphins neste domingo, sendo descartado horas antes do kickoff.

Green, que participou integralmente de vários treinos nesta última semana, acabou sofrendo um contratempo em sua recuperação na última sexta.

– Derek Carr: o quarterback do Oakland Raiders, que está se recuperando de fratura na fíbula, disse aos jornalistas que sua recuperação está indo melhor do que o esperado e que ele deve estar pronto para as atividades de offseason da franquia californiana. O camisa 4, contudo, disse não saber o quanto o time deve utilizá-lo nos treinos de offseason.

Comments
To Top