NFL

Jordan Cameron: “muitos caras não amam realmente este esporte”

Jordan Cameron, tight end aposentado

(Crédito: Miami Dolphins/divulgação)

Depois de sofrer com várias concussões ao longo de sua carreira profissional, Jordan Cameron anunciou sua aposentadoria na última sexta-feira (10) e, agora, ele se prepara para a vida longe dos campos de futebol americano. E só joga profissionalmente um esporte tão intenso quem realmente ama a modalidade, certo?

Não na opinião do ex-tight end.

Nesta época da offseason, em meio à free agency e à aproximação do draft, muitos jogadores são questionados se amam o futebol americano. E o ex-jogador do Cleveland Browns e do Miami Dolphins acha que essa é “uma grande pergunta’. Mas ele não acredita que todos respondam com sinceridade.

“Eu não acho que muitos desses caras amam o futebol americano, para ser honesto. Muitos deles não amam. Você joga por outras razões e todo cara tem sua própria razão. Eles sabem o porquê. E, enquanto o seu porquê é realmente importante, você continua jogando sem realmente amar o futebol americano”, declarou Cameron, em entrevista à ‘ESPN’ norte-americana. “Porque, realmente, quem gosta de ser atingido por uma pessoa de 120kg a -10°C? Realmente, ninguém gosta disso. ‘Você ama futebol americano?’ Eu não podia suportar quando as pessoas me perguntavam isso”, prosseguiu.

O ex-tight end garante que não diz isso por causa das concussões que sofreu, mas admite que pensar constantemente sobre elas o fez mudar a maneira de jogar. Cameron confessa que atuou de forma mais tímida após refletir sobre os efeitos dos traumas na cabeça.

“Você está jogando de maneira física e está jogando um esporte intenso e violento. Você tem que se preparar para isso, mas é difícil se preparar se você está pensando em ser atingido ou quais implicações podem ocorrer”, observou.

Cameron afirmou que aprecia o que o esporte proporcionou a ele e disse que houve facetas das quais ele gostava, especialmente a competição. O ex-atleta também lembra com carinho dos ex-companheiros de time, com quem continua a manter contato.

“Algumas das melhores pessoas que conheci foram jogadores de futebol americano. Todo cara fala sobre o vestiário e como essa é a coisa da qual vão sentir falta. É tão verdadeiro. Alguns dos seres humanos mais simples e inteligentes estão lá dentro”, confessou.

Mesmo amando seus companheiros de time, Jordan Cameron não pode afirmar que amou o esporte.

“Você realmente ama o futebol americano? Um monte de caras não o amam realmente. Há alguns caras que amam. Ray Lewis ama futebol americano. Peyton Manning. Eles amam. Mas muitos caras não amam realmente este esporte, e há jogadores que vão ler isso e vão entender exatamente o que estou falando”, finalizou.

Jordan Cameron, que foi selecionado para o Pro Bowl em 2013, fecha sua carreira profissional de seis anos de National Football League com 173 recepções para 2.046 jardas e 14 touchdowns.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top