NFL

Jonathan Martin, ex-jogador dos Dolphins, será julgado por ameaças nas redes sociais

(Crédito: Twitter/reprodução)

Jonathan Martin, ex-offensive lineman do Miami Dolphins, deverá ir a julgamento por causa de acusações relacionadas a uma postagem ameaçadora que fez em conta no Instagram em fevereiro de 2018.

A imagem mostra uma arma com munição e quatro contas marcadas, incluindo a do seus ex-companheiros de equipe Richie Incognito e Mike Pouncey. A postagem ainda inclui a hashtags de Harvard-Westlake, onde Martin foi para o high schoo na área de Los Angeles e os Dolphins.

Ainda dava para ler a frase: “quando você é vítima de bullyng e um covarde, só há duas opções: suicídio ou revanche”.

De acordo com o ‘New York Daily News', o advogado de Martin argumentou que a postagem não foi específica o suficiente para constituir o crime de ameaça, mas Shellie Samuels, juíza Corte Superior do condado de Los Angeles, descorda.

“Isso diz suicídio ou revanche. Isso parece um equívoco. No entanto, na foto, há 19 balas, Suicídio precisaria uma bala. Dezenove balas seria um tiroteio em massa, matando mais de uma pessoa, revanche. Acho que é o suficiente para ser um crime de ameaça”, disse ela, segundo o jornal.

Jonathan Martin, 29 anos, foi detudo para ser questionado sobre o post e depois foi solto na época. As autoridades informaram que ele ficou em uma instalação de saúde mental depois disso.

O ex-jogador acusou Incognito e Pouncey de fazer bullyig com ele em 2013 quando eles eram companheiros nos Dolphins, o que gerou uma investigação da NFL. A liga determinou que os dois, junto com John Jerry, criaram um ambiente hostil para o offensive lineman, que deixou a equipe da Flórida no meio da temporada. Incognito recebeu suspensão de oito jogos por causa disso.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top