NFL

Johnny Manziel afirma a juiz que sua “vida está tendendo para cima”

Johnny Manziel

(Crédito: Instagram/reprodução)

Depois de perder um prazo estabelecido pela Justiça, Johnny Manziel apareceu perante um juiz nesta terça-feira (28) e prometeu que vai cumprir as exigências para que um caso de violência doméstica contra ele seja apagado de seu histórico.

O ex-quarterback do Cleveland Browns afirmou que não quer decepcionar o juiz Roberto Canas, que alertou que ele mesmo ou um júri podem decidir o destino de Manziel se o acordo 2 for revogado.

Manziel está enfrentando uma acusação de agredir e ameaçar Colleen Crowley, sua ex-namorada, durante uma noite em que os dois passaram juntos, em janeiro de 2016. Ele poderia passar até um ano na cadeia e ter que pagar uma multa de US$ 4 mil pelo crime.

O juiz afirmou nesta terça que marcou a audiência porque Manziel perdeu um prazo para atualização sobre o progresso em atender suas exigências, incluindo uma que exige que o quarterback trabalhe através de NFL ou de outra agência em um programa de abuso de substâncias.

Ao ser questionado pelo juiz sobre como as coisas seriam daqui em diante, Johnny Manziel disse que respondeu rapidamente quando seu advogado Jim Darnell disse a ele que o juiz não estava feliz.

“Desde aquele dia tudo está indo muito bem e minha vida está tendendo para cima. Eu não quero nem deixar isso chegar perto do buraco que você está descrevendo. Estou assumindo esta responsabilidade. Isso está me ajudando a recuperar minha vida”, declarou Manziel, em uma declaração de pouco mais de um minuto de duração.

Manziel observou que ele falhou ao não comparecer ao tribunal na data previamente marcada em parte porque estava hesitante em trabalhar com a NFL. De acordo com o atleta, o envolvimento da NFL Players Association (NFLPA), que administra os programas de drogas da liga, retardou o processo.

“Eu não acredito, necessariamente, no que a NFL faz (ou) tenho muita confiança neles com base em situações passadas, baseado em outros jogadores, como eles foram tratados. Então eu fui muito cauteloso nesse respeito. Me envolver nisso com eles meio que foi uma coisa escorregadia para mim”, falou Manziel ao juiz.

Atualmente com 24 anos de idade, Johnny Manziel foi suspenso por quatro jogos na temporada passada, mesmo sem estar sob contrato com algum time da liga, por uma violação da política de abuso de substâncias da NFL. Os Browns dispensaram o jogador em março do ano passado, dois anos depois de selecioná-lo na primeira rodada do draft.

Brian McCarthy, porta-voz da NFL, frisou que o caso de violência doméstica segue sendo investigado pela liga.

Após a audiência, Manziel respondeu aos jornalistas rapidamente, dizendo que estava “mantendo todas suas opções em aberto” em relação a um possível retorno à NFL ou a outra liga profissional. O quarterback disse que está treinando e que espera estar em um training camp de algum time em julho.

Além da exigência de passar por um programa de abuso de substâncias, Manziel tem que se manter longe dos problemas por um ano, concluir um programa de gestão de raiva e participar de um painel sobre o impacto da violência doméstica. O ex-astro de Texas A&M também precisa ficar longe de sua ex-namorada.

“Nem todos que passam por aqui recebem esse tipo de oportunidade porque agora você está no comando do que acontece com seu caso. Eu odiaria que você perdesse a oportunidade que está bem na sua frente”, falou Roberto Canas.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top