NFL

Johnny Hekker: Jared Goff “cresceu bastante” durante a offseason; veja as manchetes da segunda-feira

Jared Goff, quarterback do Los Angeles Rams

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Johnny Hekker, punter do Los Angeles Rams, acredita que o quarterback Jared Goff mudou da sua primeira temporada na NFL para a sua segunda. “Ele cresceu bastante e trabalhou muito duro nesta offseason para estar fisicamente e mentalmente mais preparado. Os níveis de confiança nele são maiores do que na primeira temporada”, disse Hekker sobre Goff.

– Os torcedores do New York Jets já se resignaram que sua equipe não vá vencer muito e o wide receiver Quincy Enunwa foi contundente ao falar sobre as chances da equipe nova-iorquina de perder de propósito para melhorar no draft (tank). “É difícil argumentar com isso quando todo mundo vê o que está acontecendo”, afirmou.

– Jon Beason, lenda dos Panthers, deu a sua versão do porquê ele acha do o general manager Dave Gettleman foi demitido da franquia de Charlotte. “Para mim, isso é meio de o círculo completo. A maneira como fui trocado para o New York Giants, isso não foi feito com classe. Eu não queria ser o jogador descontente que está dizendo isso porque foi trocado. Mas, no final do dia, você é uma escolha de primeira rodada, jogou bem para a organização, é uma das principais pessoas da equipe e o novo GM vem e não te cumprimentou quando entrou pela porta”. “Pelo o que me foi dito, houve muita descontentarão. No draft, pela desconexão pelo como ele trata os jogadores. Existe uma desconexão com o proprietário”, completou.

– O Indianapolis Colts quer que o quarterback Andrew Luck fique com menos de dez interceptações na temporada. “Nós dizemos isso o tempo todo: ‘Andrew não deve ser um indivíduo de dois dígitos de interceptação’. Ele é um jogador muito bom. Se ele conseguir eliminar algumas dessas interceptações de decisão, esses números caem significativamente”, disse o treinador dos quarterbacks Brian Schottenheimer.

– Bruce Arians, head coach do Arizona Cardinals, se disse feliz por seu livro, que demorou mais de sete anos para fazer. “Isso esteve me incomodando por sete anos. Estou muito feliz com isso. Há muitas histórias que foram contadas”.

– Philip Rivers, quarterback do Los Angeles Chargers, se disse animado para começar o training camp e falou que ainda há coisas para serem descobertas sobre as novas instalações da franquia. “Estou realmente animado com esse novo capítulo. Ainda há um pouco do desconhecido. Há um monte de incógnitas no momento que estamos nos adaptando, mas espero que no training camp tudo esteja resolvido”, disse ele.

– Joe Flacco, quarterback do Baltimore Ravens, elogiou o running back Danny Woodhead. “Realmente desde que perdemos Ray Rice nós não tivemos um tailback como ele era e gostamos como Danny é no jogo passado”.

– Uma fazendo de Massachusetts irá homenagear Tom Brady fazendo um labirinto de milho com a imagem do quarterback do New England Patriots.

Comments
To Top