NFL

Johnathan Joseph está de saída do Houston Texans; veja boletim

Johnathan Joseph, cornerback do Houston Texans

O Houston Texans e o cornerback Johnathan Joseph concordaram de forma mútua que vão se separar e o defensive back ficará disponível na free agency. O anúncio foi feito pela equipe texana nesta quarta-feira (11).

Atualmente com 35 anos de idade, Joseph passou as últimas nove temporadas nos Texans. Na temporada 2019, em 14 jogos que disputou, o camisa 24 teve 51 tackles, 13 passes defendidos e uma interceptação.

“Johnathan tem sido um profissional consumado, capitão de equipe e um dos líderes de nossa defesa nos últimos nove anos. É raro um jogador manter um nível de jogo tão alto por mais de uma década e isso diz muito sobre ele e sua dedicação ao esporte”, falou o Houston Texans, em nota oficial. “Ele é um excepcional companheiro de equipe, mentor, marido e pai. Seu impacto dentro e fora do campo faz dele, possivelmente, o free agent contratado mais famoso na história da franquia. Toda a organização do Houston Texans agradece a Johnathan pelas contribuições que ele fez à nossa equipe e à comunidade de Houston. Desejamos a ele e sua família tudo de melhor enquanto ele testa a free agency”, completou a organização.

Em 2019, Joseph atuou em menos de 60% dos snaps defensivos de Houston, a menor porcentagem de sua carreira, porque ele não atuou de maneira consistente a partir da semana 13. Em 2018, ele atuou em mais de 75% dos snaps defensivos da equipe.

No Twitter, o cornerback emitiu um longo comunicado agradecendo aos Texans. Em um trecho, ele diz: “mais que tudo, sou incrivelmente grato aos torcedores do Houston Texans. Ainda que não tenhamos sido capazes de trazer um título para casa, conquistamos algumas coisas incríveis e construímos uma base para sucesso futuro”.

Depois que os Texans perderam para o Kansas City Chiefs, na rodada de divisão dos playoffs da Conferência Americana (AFC) desta última temporada, Joseph deixou claro que não estava pensando ainda em aposentadoria.

Em suas 14 temporadas na NFL, Joseph foi selecionado a dois Pro Bowls e soma 31 interceptações, 195 passes defendidos, sete fumbles forçados e 754 tackles.

O Cincinnati Bengals selecionou Joseph no draft de 2006, na primeira rodada, e ele atuou lá até 2010, antes de ser contratado pelos Texans em 2011.

DeAndre Carter renova com Texans – Os Texans fecharam uma extensão com o retornador de chutes/wide receiver DeAndre Carter, menos de uma semana antes de ele se tornar um free agent de direitos exclusivos.

Atualmente com 26 anos de idade, Carter está em Houston desde novembro de 2018, quando os Texans o trouxeram depois de ele ser liberado pelo Philadelphia Eagles.

Em duas temporadas nos Texans, Carter somou mais de 600 snaps, registrou 31 recepções para 357 jardas e retornou 38 punts e 23 kickoffs.

Ele foi o único jogador do time a registrar tanto um retorno de chute quanto um retorno de punt em 2019.

Confira mais movimentações importantes na NFL nesta quarta (11):

– O Green Bay Packers vai dispensar o tight end Jimmy Graham nesta quinta (12), como disse uma fonte ao jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana. O jogador vai se tornar um free agent de forma imediata.

Graham, que completou 33 anos de idade em novembro, era o tight end mais bem pago da NFL, com um salário médio de US$ 10 milhões, e ele ocuparia o segundo maior espaço no teto salarial (US$ 11,666 milhões) em 2020 entre todos os TEs da liga.

Apenas Zach Ertz, tight end astro do Philadelphia Eagles, deve ocupar mais espaço no salary cap com seu contrato em 2020 (US$ 12,231 milhões).

A segunda temporada de Graham com os Packers foi bem diferente do que sua primeira. Ele continuou sendo um líder respeitado no grupo, mas seu impacto no campo foi bem limitado, com 38 recepções para 447 jardas e três touchdowns.

Em suas duas temporadas na franquia de Wisconsin, ele anotou apenas cinco TDs, metade do que ele marcou em seu último ano no Seattle Seahawks, em 2017.

Os Packers vão liberar cerca de US$ 8 milhões no salary cap com o corte de Graham.

Jimmy Graham é o único tight end na história da NFL a ter duas temporadas com 1.200 ou mais jardas recebidas e 10 ou mais touchdowns (feitos que ele conseguiu em 2011 e 2013 com a camisa do New Orleans Saints). Ele também é o único TE a registrar quatro temporadas consecutivas com 85 ou mais recepções (2011 a 2014, todas com a camisa dos Saints).

– O Miami Dolphins está dispensando o safety Reshad Jones, duas vezes selecionado ao Pro Bowl em sua carreira.

A decisão, que se tornará oficial no dia 18 de março, libera US$ 5,3 milhões no teto salarial da franquia da Flórida. Com o salário de Jones fora da folha, Miami tem mais de US$ 90 milhões de espaço no salary cap, liderando a liga neste quesito.

“Queremos agradecer a Reshad por tudo o que ele fez pelo Miami Dolphins”, disse o general manager Chris Grier, em comunicado oficial. “Conheço Reshad desde que passei um tempo com ele na Geórgia e fiquei impressionado com tudo o que ele foi capaz de realizar. Desejamos a ele o melhor daqui para a frente”, completou.

Com recém-completados 32 anos de idade, Jones se estabeleceu como um dos grandes jogadores da secundária dos Dolphins na última década. Ele era o jogador que há mais tempo estava na equipe, desde que foi selecionado na quinta rodada do draft de 2010.

O fim da linha para Jones em Miami era evidente, depois de ele passar por cirurgia nos dois ombros nos últimos anos. Seu contrato pesado, idade e histórico de contusões não cabiam bem em um time em reconstrução como esse que vem sendo liderado pelo head coach Brian Flores.

Ele soma 21 interceptações, 10,5 sacks e quatro touchdowns defensivos em sua carreira. Em 2019, Jones atuou em apenas quatro partidas, registrando 27 tackles, um tackle para perda de jardas e um passe desviado antes de encerrar o ano na injured reserve.

– O New England Patriots está contratando Eliot Wolf, ex-general manager assistente do Cleveland Browns, como um consultor. A informação foi dada em primeira mão pela ‘Sports Illustrated’.

Wolf mais recentemente ajudou o Seattle Seahawks na preparação para o NFL Scouting Combine deste ano.

Filho de Ron Wolf, ex-general manager dos Packers, Eliot passou duas temporadas em Cleveland. Em janeiro deste ano, os Browns e o executivo concordaram em encerrar a relação de trabalho.

Wolf anteriormente passou 14 temporadas na diretoria dos Packers, ocupando vários cargos. Ele foi entrevistado para o cargo de GM dos Packers em 2018, mas o time acabou contratando Brian Gutekunst.

– Um dia depois de ser dispensado pelo Cleveland Browns, Christian Kirksey já está vendo seu mercado aquecer. O linebacker visitou o Las Vegas Raiders nesta quarta, segundo Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.

A visita se deu menos de 24 horas após os Browns cortarem o LB de 27 anos de idade.

Selecionado na terceira rodada do draft de 2014, Kirksey se mostrou um grande linebacker tackleador em suas seis temporadas nos Browns, somando 286 tackles e seis sacks em 2016 e 2017.

Nas últimas duas temporadas, entretanto, ele atuou em apenas nove jogos. Em 2019, foram apenas dois jogos, depois que ele sofreu com lesões no músculo posterior da coxa e no peito.

Comments
To Top