NFL

John Fox ressalta que não vai mudar plano de QB do Chicago Bears após um jogo

John Fox, técnico do Chicago Bears

(Crédito: Twitter/reprodução)

Sim, o torcedor do Chicago Bears tem motivos para ficar contente com a boa estreia de Mitchell Trubisky, mas não pense que John Fox está com a cabeça nas nuvens após a apresentação de qualidade do calouro em um jogo de pré-temporada contra o Denver Broncos.

O técnico principal da franquia de Illinois garantiu que, mesmo após a grande atuação de Trubisky e a decepcionante apresentação do veterano Mike Glennon, nada vai mudar por enquanto em termos de planejamento para a posição de quarterback.

“Nossa ordem de elenco não vai mudar após um jogo. Essa é uma defesa realmente boa contra a qual nossa primeira unidade jogou, provavelmente uma das três melhores da liga. Você tem que olhar para muitas coisas diferentes. Eu posso compreender como vocês podem pensar (que podemos fazer uma mudança), mas não vamos mudar muito após um jogo”, declarou o head coach, após a derrota dos Bears por 24 a 17.

Nos últimos tempos, os Bears afirmaram publicamente que Glennon será o titular para a temporada 2017 e, assim, afastaram qualquer polêmica de disputa de posição entre o veterano e Trubisky por enquanto. Mas uma boa atuação do jogador selecionado com a segunda escolha geral do draft de 2017, além dos problemas mostrados por Glennon, só jogam gasolina na fogueira das especulações.

E as estreias foram realmente bem distintas. Mike Glennon, que foi contratado na free agency para substituir Jay Cutler, foi interceptado (e viu sua interceptação ser retornada para touchdown) em seu segundo passe na partida. O veterano, ex-Tampa Bay Buccaneers, lançou um passe acima da cabeça do tight end Zach Miller e a bola foi capturada pelo cornerback Chris Harris Jr., do Denver Broncos, que retornou 50 jardas até a end zone.

Posteriormente, Glennon e o ataque sofreram um three and out na segunda série ofensiva e, na terceira posse de bola ofensiva, um snap na formação shotgun saiu alto e foi recuperado por Jamal Carter, dos Broncos. Um desastre completo e Glennon saiu de campo com dois passes certos de oito para 20 jardas, com passer rating 0. Isso mesmo, ZERO.

“Você deve colocar isso em perspectiva. Como eu disse, estamos a exatamente um mês (da estreia na temporada, contra o Atlanta Falcons). Para mim, é bom voltar a jogar. Eu tenho que me acostumar a sair como titular, jogar e ser esse cara. Mais alguns jogos de pré-temporada para ajustar isso e estou confiante de que vamos fazer isso”, frisou Glennon.

Questionado sobre a confiança de seu quarterback após a atuação que gerou críticas, John Fox negou que esteja preocupado: “não, de jeito algum”.

Do outro lado, Mitchell Trubisky entrou em campo pouco antes do intervalo e, rapidamente, liderou o ataque em uma campanha que gerou um touchdown em passe de duas jardas para Victor Cruz.

O calouro encerrou a noite com 18 passes precisos em 25 para 166 jardas e um TD.

“Achei que foi divertido. Isso é o que eu queria fazer, entrar lá e ser consistente, mover a bola no ataque, estar no comando no huddle e na linha de scrimmage. A linha ofensiva fez um grande trabalho de me proteger e os running backs e receivers fizeram um grande trabalho de receber e correr com a bola. Foi um bom começo, mas temos um longo caminho a percorrer”, declarou o jovem Trubisky, que disse ter vivido uma “noite especial”.

Quem também entrou em campo, ainda que por pouquíssimo tempo, foi o veterano Mark Sanchez, que fechou o jogo com um passe certo de quatro lançados para quatro jardas.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top