NFL

John Elway diz que não se incomoda com erros ao contratar quarterbacks

John Elway, vice-presidente executivo de operações e general manager do Denver Broncos

(Crédito: Twitter/reprodução)

John Elway será a primeira pessoa a dizer que seu Denver Broncos precisa de um quarterback. E como ele não pode descer do camarote e entregar mais dois Super Bowls para a franquia, ele vai tentar de tudo para conseguir um QB, seja onde for. A questão é que ele já tentou outras vezes e errou. Mas isso pelo visto não criou um pé atrás no manda-chuva.

“Acredite, eu não parei de tentar e errar (ele usou o termo swinging and missing, puxado do beisebol). Os erros não me incomodam, só temos que achar uma forma de acertar”, disse Elway.

Por erros, entenda a escolha por Paxton Lynch, draftado na 1ª rodada em 2016 e que sempre que foi a campo mostrou que está verde para a NFL. Ou então Brock Osweiler, escolhido na segunda rodada em 2012 e que só não é um erro completo porque o time que deu o gigantesco contrato para ele foi o Houston Texans, batendo o acordo que os Broncos tinham oferecido.

Trevor Siemian não dá para dizer que foi um erro, já que foi uma escolha de 7ª rodada que ainda teve bons momentos.

Para este ano, Elway vai ter várias oportunidades de rebater, mantendo a analogia com o passatempo da América. A franquia vai draftar em quinto e há a possibilidade de cinco ou mesmo seis quaterbacks serem considerados dignos de serem escolhidos na primeira rodada.

E além disso há algumas opções no mercado, a maior delas Kirk Cousins. Os Broncos vão tentar tudo que é possível.

“Eu acredito que vamos explorar todas nossas opções na free agency e ver no que dá. Obviamente temos a quinta escolha no Draft também. Então isso também será uma possibilidade”, declarou Elway. Infelizmente ele voltar ou então Peyton Manning aparecer não está entre essas possibilidades.

 

Comments
To Top