NFL

Jogadores dos 49ers não gostaram de torcedores comemorando lesão de Beathard

C.J. Beathard, quarterback do San Francisco 49ers

(Crédito: Instagram/reprodução)

O safety Eric Reid e o linebacker Reuben Foster, do San Francisco 49ers, expressaram sua decepção com a reação dos torcedores após a lesão sofrida pelo quarterback C.J. Beathard. A contusão levou à estreia de Jimmy Garoppolo com a camisa dos Niners.

Beathard sofreu uma lesão na perna esquerda com 1min07s remanescentes na partida contra o Seattle Seahawks, neste último domingo, após tomar uma grande pancada enquanto lançava um passe. A contusão levou o camisa 3 a sair da partida.

Alguns torcedores, percebendo que Garoppolo estava prestes a entrar no gramado, começaram a aplaudir enquanto o quarterback calouro ainda estava caído no campo.

“Nosso quarterback titular se machucou, e as pessoas começam a aplaudir antes mesmo de ele se levantar, e isso me irrita, então estou decepcionado com nossos torcedores”, afirmou Reid, após a derrota dos Niners por 24 a 13. “Eu compreendo a empolgação em relação a Jimmy, ele é um grande jogador, mas isso não está certo”, completou o safety.

Beathard foi para a entrevista coletiva pós-jogo mancando um pouco. E, nesta segunda (27), após exames, ele foi diagnosticado com uma contusão no joelho e também no quadril, mas o técnico Kyle Shanahan disse que os problemas não são graves.

“É decepcionante que, quando um cara está machucado – pessoas não entendem o que passamos como jogadores de futebol americano. E o que nossos corpos sofrem. E ele está deitado no chão e as pessoas estão comemorando. Isso está errado”, observou Reid.

Foster, que foi selecionado na primeira rodada do draft de 2017, seguiu na linha de discurso do companheiro e frisou que também estava torcendo por Garoppolo, mas não até saber que Beathard estava bem.

“Eu fiquei decepcionado com eles quando estavam comemorando. Nossos torcedores são melhores do que isso. É um fato que nosso quarterback titular está caído, e ele tem feito jogadas e toma em seu corpo um monte de coisas pelas quais um quarterback não deveria passar (…) Você pensa que alguém iria ver isso e dizer: ‘eu amo o quarterback’. Jimmy, grande cara, estou feliz por ele estar em campo. Estou torcendo por ele também, mas, ao mesmo tempo, tenho que esperar e me certificar que meu irmão que está no chão esteja (OK) antes de torcer por Jimmy. Eu vou comemorar por meu irmão quando ele sair do chão porque ele está bem. E, então, vou torcer por Jimmy”, falou o linebacker.

O left tackle veterao Joe Staley concordou que os torcedores comemorando enquanto Beathard estava lesionado foi “meio que uma coisa ruim”, mas ele achou que não havia malícia na ocasião.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top