NFL

Joey Bosa pode ficar afastado dos Chargers por até quatro semanas

Joey Bosa, defensive end do Los Angeles Chargers

(Crédito: Instagram/reprodução)

O defensive end Joey Bosa, que já foi descartado para o jogo de estreia do Los Angeles Chargers contra o Kansas City Chiefs, neste domingo (9), pode perder de duas a quatro semanas de atividades enquanto tenta se recuperar de uma contusão óssea no pé esquerdo. O time suspeita que a lesão possa ser uma fratura.

A informação foi apurada na noite deste sábado pelo jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

A franquia californiana está tentando descobrir a gravidade da lesão e quanto tempo Bosa precisará ficar afastado. Por enquanto, Isaac Rochell será titular no lugar de Bosa e tentará substituir à altura o temido pass rusher.

Rochell foi selecionado pelos Chargers na sétima rodada do draft de 2017, com a 225ª escolha geral.

Caso a lesão do camisa 99 seja uma fratura, a ausência de Bosa pode ser por um período mais longo do que o L.A. Chargers esperava inicialmente. A expectativa inicial era a de que o defensive end fosse estar preparado para a estreia do time.

Agora, entretanto, Bosa está usando uma bota protetora no pé e verá seu time iniciando a temporada sem poder contar com a sua ajuda no front seven.

Selecionado com a terceira escolha geral do draft de 2016, Bosa liderou os Chargers em sacks na temporada passada, com 12,5 sacks, e, ao lado de Melvin Ingram, ele forma uma das duplas de pass rushers mais temidas de toda a NFL. Ingram fechou 2017 com 10,5 sacks.

Entrando em sua terceira temporada na NFL, Joey Bosa soma 23 sacks, cinco fumbles forçados e 111 tackles combinados, além de um passe desviado, em 28 jogos de temporadas regulares com a camisa dos Chargers, sendo 27 como titular.

Bosa atuou em todos os 16 jogos de seu time na temporada regular pela primeira vez no ano passado, depois de perder os primeiros quatro jogos de sua temporada de calouro devido a um problema no músculo posterior da coxa.

Comments
To Top