NFL

Joey Bosa e Melvin Gordon não são descartados para jogo contra Seahawks; veja boletim de lesões

Joey Bosa, defensive end do Los Angeles Chargers

(Crédito: Twitter/reprodução)

Depois da semana de folga do Los Angeles Chargers, o técnico Anthony Lynn não descartou dois de seus principais jogadores para o jogo de domingo (4) contra o Seattle Seahawks.

Lynn afirmou que continua sendo possível que o defensive end Joey Bosa e o running back Melvin Gordon entrem em campo neste próximo final de semana.

Bosa perdeu os sete primeiros jogos da franquia californiana neste ano devido a uma lesão no pé esquerdo que ele sofreu no dia 7 de agosto durante a semana de abertura do training camp dos Chargers.

O pass rusher não treina desde que agravou a lesão no pé dias antes da estreia do time na temporada 2018 contra o Kansas City Chiefs, em setembro, e não parece muito provável que ele atue contra os Seahawks nesta semana 9.

“Eu não quero descartá-lo. Eu acho que, mais cedo neste ano, eu estava confortável ao fazer isso. Mas agora ele está chegando mais perto, então não quero descartá-lo neste momento. Então, vamos apenas meio que esperar e ver onde ele está”, afirmou Lynn sobre Bosa.

Lynn afirmou que Bosa pode fazer algumas atividades separadamente do grupo nesta semana e que, durante a bye week, o defensive end correu em linha reta. O pass rusher vai tentar alguma movimentação com mudança de direção nesta semana.

“Ele está se aproximando, mas ainda é um processo”, afirmou o head coach, ao ser questionado quando Bosa poderá retornar ao time. “Nós temos sido realmente cautelosos com isso o tempo todo. Nós não vamos colocá-lo de volta no campo até que ele esteja pronto, eu prometo isso a vocês”, frisou.

As chances de Gordon retornar à ação neste próximo final de semana parecem mais promissoras. O running back ficou fora dos Chargers na semana passada depois de sofrer uma lesão na coxa antes da vitória de L.A. por 20 a 19 sobre o Tennessee Titans em Londres, perdendo assim seu primeiro jogo do ano.

Lynn observou que Gordon vai treinar em alguma capacidade pelos Chargers nesta próxima quarta (31).

“A semana de folga realmente ajudou Melvin. Ele correu bem na semana passada. Ele vai fazer algumas coisas essa semana, e vamos ver onde ele está. Mas músculos posteriores da coxa podem ser complicados, então você não deseja apressar as coisas”, analisou.

Confira mais notícias de lesões na NFL nesta segunda (29):

– Uma ressonância magnética realizada nesta segunda no defensive tackle calouro Vita Vea, do Tampa Bay Buccaneers, mostrou que o ligamento cruzado anterior do joelho do jogador de linha defensiva está intacto. A informação é do jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

O time tinha o temor de que seu jogador selecionado na primeira rodada do draft de 2018 tivesse rompido o ligamento cruzado anterior durante a derrota por 37 a 34 para o Cincinnati Bengals.

Selecionado com a 12ª escolha geral do draft, Vea só fez sua estreia na temporada 2018 na semana 4, contra o Chicago Bears, já que sofreu com uma lesão na panturrilha.

Também nos Bucs, o running back calouro Ronald Jones deve perder algumas semanas com uma distensão no músculo posterior da coxa, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Jones registrou apenas 25 toques na bola para um total de 76 jardas e um touchdown nesta temporada.

– Uma ressonância magnética realizada no right tackle Lane Johnson, do Philadelphia Eagles, confirmou uma entorse grau 2 no ligamento colateral medial do joelho e o jogador de linha ofensiva ficará afastado por várias semanas. A informação é de Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– No Miami Dolphins, o quarterback Ryan Tannehill (ombro) evoluiu de lançar uma bola de tênis para lançar uma bola de futebol americano, como disse o técnico Adam Gase.

– No Jacksonville Jaguars, o cornerback Quenton Meeks (joelho) sofreu uma entorse no ligamento colateral medial durante a derrota para o Philadelphia Eagles e deve ficar afastado por um tempo, como apurou o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– No Chicago Bears, o técnico Matt Nagy disse que o guard Kyle Long (pé) ainda está passando pelo processo de avaliação e o time saberá mais nas próximas 24 a 48 horas.

O também guard Eric Kush (pescoço) deve retornar na semana 9 depois de perder a vitória sobre o New York Jets.

– No Kansas City Chiefs, o técnico Andy Reid disse que está “mais preocupado” com a lesão do linebacker Frank Zombo (músculo posterior da coxa). O linebacker Anthony Hitchens (costelas) será avaliado semana a semana, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– No Washington Redskins, o técnico Jay Gruden afirmou que o left tackle Trent Williams deslocou o polegar durante o jogo de domingo contra o New York Giants. Ele está atualmente com a mão imobilizada e o time ainda vai determinar se ele poderá treinar na quarta-feira.

– No New England Patriots, o linebacker Dont’a Hightower (joelho) ficou entre os inativos para o Monday Night Football contra o Buffalo Bills, depois de ser listado como questionável. Já o tight end Rob Gronkowski (tornozelo/costas) jogou normalmente.

Durante o jogo, o guard Shaq Mason sofreu uma lesão na panturrilha.

– No Buffalo Bills, o linebacker calouro Tremaine Edmunds sofreu uma concussão no Monday Night Football contra o New England Patriots. O técnico Sean McDermott confirmou que ele está no protocolo de concussão.

Já o quarterback Derek Anderson sofreu uma aparente lesão nos minutos finais da derrota por 25 a 6 para os Patriots e deixou o campo com 1min25s remanescentes, sendo encaminhado ao vestiário. McDermott afirmou aos jornalistas que Anderson estava passando por avaliação com o staff médico do time e ainda não tinha detalhes sobre a condição do signal caller.

Comments
To Top