NFL

Jets não pretendem contratar primo de Odell Beckham; veja manchetes

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– New York Jets não pretende contratar primo de Odell Beckham: de acordo com informações acessadas pela ‘ESPN’ nova-iorquina, o wide receiver do New York Giants não verá seu primo jogar na franquia conterrânea tão cedo. Terron Beckham, que redescobriu sua paixão pela bola oval recentemente, não deve ser contratado pelos Jets, ainda que tenha impressionado o técnico da franquia. “Ele com certeza é mais rápido do que eu esperava que ele fosse”, disse Todd Bowles nesta semana.

– Doug Whaley revela que ao menos três novatos irão jogar como titulares no Buffalo Bills: algumas semanas após o draft de 2016, o general manager dos Bills revelou que a franquia está mais que animada com seus novos atletas. “No mínimo três”, disse o executivo ao ser questionado sobre a possibilidade de calouros entrarem em campo na linha de frente. Os nomes são Shaq Lawson (defensive end), Reggie Ragland (inside linebacker) e Adolphus Washington (defensive tackle).

– Subcomitê do Congresso irá examinar a indústria do ‘daily fantasy’: trabalhando em uma possível regulamentação federal do fantasy football, o comitê pretende discutir os problemas a perspectivas do jogo de apostas que possui praticantes no mundo todo. Adam Silver, comissário da NBA, também tem interesse em uma regulamentação para o fantasy da NBA.

– Seattle Seahawks irá apostar em Brandon Browner como jogador híbrido: cornerback contratado nesta offseason pela franquia de Seattle, Browner irá jogar também como safety. “Talvez a gente consiga desenvolver um papel muito único para ele”, disse o técnico Pete Carroll.

– San Francisco 49ers tem grandes expectativas para Jarryd Hayne: Paraag Marathe, executivo da franquia, revelou ao ‘NFL.com’ que o running back deve surpreender em sua segunda temporada no time. “Eu acho que verão um salto nele”, disse Marathe, se referindo ao quanto o atleta evoluiu de 2015 para cá.

– Danny Amendola abriu mão de vários milhões de dólares para poder continuar no New England Patriots: wide receiver na franquia desde 2013 (depois de jogar por quatro temporadas nos Rams), Amendola fez um grande sacrifício pela equipe. De acordo com Ben Volin, do ‘The Boston Globe’, o corte do salário do jogador chega aos US$ 4.4 milhões.

– Jimmy Haslam, proprietário do Cleveland Browns, confia no trabalho de Hue Jackson para melhora de Cody Kessler: segundo o empresário, o técnico da franquia vem fazendo um bom trabalho com o novo quarterback. “Eu acho que nós temos um técnico que entende o talento nessa posição, mas igualmente entende como treiná-lo”, disse Jimmy Haslam em entrevista.

– Eli Manning espera que Sterling Shepard seja um novo Victor Cruz: desde 2014, Cruz se recupera de lesões e, agora, o time conta com Shepard para complementar o veterano wide receiver na franquia. “Ele é um cara muito astuto e atlético”, disse Manning sobre Sterling. “Espera que ele seja um novo Victor Cruz”, completou o quarterback.

– Johnny Manziel coloca à venda sua casa em Ohio: em má fase na carreira e enfrentando acusações de agressão doméstica, o ex-quarterback do Cleveland Browns decidiu vender sua casa na cidade de Avon. Com cerca de 250 m², o casa está à venda por US$489,900.

– Brock Osweiler, quarterback do Houston Texans, está animado com o ataque do time: após se destacar como substituto de Peyton Manning nos Broncos, Osweiler foi para os Texans e está se adaptando. “É difícil julgar esse progresso, porque nós não tivemos treino de campo ou jogamos contra uma defesa. Então é como se você falasse espanhol a vida toda e eles te mandassem aprender francês em frente a 75 mil pessoas”, disse o jogador nesta terça-feira.

– Filho de Derrick Thomas consegue teste no Kansas City Chiefs: ao que tudo indica, ‘filho de peixe, peixinho é’, ao menos na NFL. Mais especificamente, no Kansas City Chiefs. O filho de Derrick Thomas, um dos maiores jogadores da história da franquia, conseguiu uma audição para tentar compor o elenco o time. Se tudo der certo, o running back Donell Alexander pode dar continuidade ao legado da família.

Comments
To Top