NFL

Jerry Jones se diz “triste” com saída de Jerry Richardson do quadro de proprietários

Jerry Jones, proprietário do Dallas Cowboys

(Crédito: Dallas Cowboys/divulgação)

Quando Jerry Jones estava completando quatro anos como proprietário do Dallas Cowboys, em 1993, Jerry Richardson ganhou o direito à uma franquia de expansão por parte da National Football League. Desde então, os dois se fortaleceram como dois dos donos de franquias mais influentes dentro da liga.

E, neste último domingo (17), Richardson anunciou que vai colocar o Carolina Panthers à venda ao final da temporada 2017. A decisão deixou o colega Jerry Jones chateado.

“Estou muito triste. Jerry é um dos homens realmente, realmente notáveis do futebol americano que eu conheci, e eu realmente o admiro. Eu sei que ele fez isso da maneira antiga. Ele trabalhou para isso. Ele pegou o que fez em pouco tempo no futebol americano profissional e o transformou em um grande negócio e então usou isso para conseguir a franquia em Carolina. Então, ele é uma grande história”, afirmou Jerry Jones, após a vitória do Dallas Cowboys sobre o Oakland Raiders, no Sunday Night Football.

Em meio às acusações de comportamento inadequado no ambiente de trabalho, Richardson divulgou uma nota na noite deste domingo afirmando que planeja vender a franquia ao final do atual campeonato.

A carta foi divulgada horas depois de a ‘Sport Illustrated’ publicar uma reportagem dizendo que os Panthers tinham chegado a acordos com pelo menos quatro ex-funcionários após as acusações de má conduta que vieram à tona contra Richardson.

Atualmente com 81 anos de idade, Richardson supostamente fez comentários sobre as aparências das mulheres, inadequadamente tocou as empregadas e fez avanços com as mulheres, que teriam incluído perguntar se ele poderia depilar as pernas delas e pedir massagens nos pés.

Juntamente com a acusação de usar uma injúria racial que levou a um acordo com um scout, a reportagem da ‘Sports Illustrated’ fala em comentários feitos por Richardson sobre as aparências de jogadores negros e ameaças do proprietário de punir jogadores que se manifestassem ou protestassem contra problemas sociais nos EUA.

“Estou triste por qualquer uma das histórias ou coisas que podem ter incitado isso neste momento. Ele é um batalhador; ele é um homem grande com um grande coração. E, a propósito, esse é o coração de outra pessoa – ele passou por um transplante de coração”, frisou Jones.

Jerry Richardson foi hospitalizado em 2008, um mês depois de colocar um marcapasso. Ele passou por cirurgia de dupla revascularização em 2002 e foi colocado em uma lista de espera de doador para um novo coração. Ele recebeu um novo coração no dia 1º de fevereiro de 2009 e não teve contratempos conhecidos desde então.

Ele é um de apenas dois proprietários da liga a ser dono de uma franquia desde sua fundação, sendo Bob McNair, do Houston Texans, o outro.

Richardson foi wide receiver do Baltimore Colts em sua época de jogador.

“Ele será o primeiro a dizer a vocês que teve uma vida abençoada. Estou realmente triste. Eu quero todos desses tipos de homens que podemos ter na National Football League”, finalizou Jerry Jones.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top