NFL

Malcolm Jenkins: prostesto de Colin Kaepernick foi genial e melhor do que o esperado; veja as manchetes da sexta

Colin Kaepernick, quarterback da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Depois de inicialmente ter se mostrado cético em relação ao protesto de Colin Kaepernick, Malcolm Jenkins, safety do Philadelphia Eagles, mostrou que mudou de opinião.

“Olhando para trás na temporada e o que aconteceu desde então, acho que a decisão de Colin Kaepernick se ajoelhar foi genial e funcionou melhor do que ele provavelmente esperava inicialmente”, disse ele. “Porque aqui estamos um ano depois e ainda é um tema abordado e isso provocou um debate duradouro. E, desde então, os caras realmente mudaram para a ação e têm feito muito na comunidade”.

– O Houston Texans dispensou o wide receiver Keith Mumphery e o linebacker Max Bullough nesta sexta-feira. Os dois jogadores atuaram primeiramente nas equipes especiais na última temporada.

– Warren Moon, mentor de alguns jogadores do Seattle Seahawks, entre eles Russell Wilson, concordou com a tese de que alguns atletas ainda não superaram a derrota no Super Bowl. “Sim, eles ainda estão tendo uma ressaca de dois anos atrás. Eles simplesmente não conseguiram superar”.

– Ray Rice, ex-running back do Baltimore Ravens, voltou ao futebol americano, mas não para a NFL. Ele foi contratado para ser assistente técnico voluntário de uma escola de ensino médio em New York. “Ray tem estado por perto, sendo o mentor das crianças e as colocando sub sua asa”, disse o treinador Lou DiRienzo.

– Jason Licht, general manager do Tampa Bay Buccaneers está feliz com a evolução de Roberto Aguayo. “Roberto está realmente melhorando. E estamos entusiasmados com o fato de que ele realmente tem progredido de onde ele estava no ano passado”.

– Will Parks, safety reserva do Denver Broncos,                pode receber uma suspensão da NFL após ser preso pela acusação de violência doméstica no começo da offseason. Ele terá audiência no dia 30 de junho.

– O rapper Ice Cube deixou um recado para os Raiders, que irão deixar Oakland em um futuro relativamente próximo. “Eu acho que os Raiders devem a Oakland um Super Bowl antes de partirem. Então, por isso, acho que as pessoas vão apoiá-lo”, disse ele, que também questionou o porquê da NFL não ter bancado um novo estádio no estado da Califórnia.

– Os Raiders definiram seus parceiros de transmissão oficial em Las Vegas. Uma filial da Fox e estações de rádio pertencentes ao Beasley Media Group terão a cobertura exclusiva da equipe.

– Apesar de o quarterback Carson Palmer estar “parecendo como se tivesse 20 anos”, o Arizona Cardinals irá poupá-lo até o minicampo, que está marcado para terça- quarta e quinta-feira da semana passada.

– O Dallas Cowboys irá ganhar US$ 14 milhões no seu orçamento salarial agora que o ex-quarterback Tony Romo está oficialmente dispensado. Romo pesará US$ 10 milhões no salary cap nesta temporada e US$ 8,9 milhões no ano que vem.

Comments
To Top