NFL

Jeff Fisher garante que Case Keenum segue como QB titular do Los Angeles Rams

Jeff Fisher e Case Keenum, do Los Angeles Rams

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Case Keenum teve uma atuação desastrosa na capital da Inglaterra e, durante a derrota por 17 a 10 para o New York Giants em Londres, o líder de ataque do Los Angeles Rams acertou 32 passes de 53 para 291 jardas, um touchdown e sofreu quatro interceptações. O suficiente para mudar a cabeça de Jeff Fisher? Não.

Mesmo com o início de campanha de três vitórias e quatro derrotas, o técnico dos Rams deu todo o apoio ao quarterback e deixou bem claro que não está pronto para utilizar o calouro Jared Goff como titular.

“O quarterback não é a razão, aliás, pela qual perdemos três jogos. Eu vou ficar com Case. Ele teve algumas bolas desviadas e coisas como essas hoje, não necessariamente culpa dele, e então Brian (Quick) não conseguiu fazer o ajuste do audible no final”, falou Fisher na abertura de sua coletiva pós-jogo.

Keenum até teve um bom início de partida no Twickenham Stadium, quando acertou cinco passes de seis para 74 jardas e um touchdown, mas no restante do jogo ele acertou somente 27 passes de 47 e quatro interceptações.

A primeira interceptação inicial foi bastante por culpa do wide receiver Tavon Austin, que não agarrou a bola e, com ela pendurada, Landon Collins interceptou e retornou para um touchdown de 44 jardas, enquanto que a última interceptação, a mais bizarra de todas, saiu após uma falha de comunicação com Brian Quick. O recebedor aparentemente errou a rota e Keenum lançou a bola nas mãos de Dominique Rodgers-Cromartie dentro da end zone.

“Olhem para a fita, vejam quem são os responsáveis pelas interceptações”, observou o head coach.

O técnico do Los Angeles Rams não poupou nas críticas aos recebedores, que para ele foram os maiores culpados pelas interceptações. Jeff Fisher, inclusive, apontou para uma das interceptações que, para ele, foi em grande parte culpa de Kenny Britt. Como o recebedor parou no meio de sua rota post, Keenum errou o passe e cometeu outro turnover.

“Nós vamos fazer mudanças nos recebedores antes de eu fazer mudanças na posição de quarterback”, apontou.

Nas últimas duas semanas da temporada, Case Keenum ficou em segundo na NFL em porcentagem de passes certos e em quinto em jardas de passe, mas o camisa 17 falhou em campanhas decisivas para empatar ou vencer jogos.

Sobre Jared Goff, Jeff Fisher seguiu mantendo o discurso cauteloso.

“Jared vai jogar quando nós sentirmos que Jared está preparado. Se tivéssemos vencido este jogo, vocês não estariam perguntando sobre Jared, o que eu compreendo. Mas nós não perdemos este jogo por causa da atuação do quarterback hoje. Nós perdemos em algumas outras posições”, analisou.

Vale lembrar que Case Keenum lançou uma interceptação na última posse de bola dos Rams em cada uma das três últimas partidas. E o camisa 17 não foge da culpa.

“Eu assumo total responsabilidade. Você não pode cometer turnovers nesta liga. Eu tenho que melhorar”, falou o signal caller, que em seis jogos nesta temporada acertou 62,5% de seus passes para 1.417 jardas, sete touchdowns e seis interceptações.

Comments
To Top