NFL

Jaylon Smith garante que estará pronto para a abertura da temporada; veja as manchetes da quarta-feira

 

Jaylon Smith, linebacker do Dallas Cowboys

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Depois de perder toda a sua temporada por causa de uma grave lesão no joelho, que incluiu um dano no nervo, o linebacker Jaylon Smith, do Dallas Cowboys, estará pronto para enfrentar o New York Giants na abertura da temporada de 2017.

“No ano passado, minha temporada foi diferente do que agora”, disse Smith, escolha de segunda rodada do draft de 2016. “Eu estava plantando e agora estou colhendo o que semeei. É apenas uma incrível oportunidade de estar de volta com os Cowboys. E, honestamente, é só uma questão de tempo para vocês verem isso”.

– Bill Polian, ex-general manager dos Colts, tentou baixar a bola de quem exalta o New England Patriots. “Tom Brady estava a um quarto de perder o Super Bowl do ano passado”, começou.

“Eles são uma boa equipe. Eles não são tão bons quanto as pessoas pensam que são. Eles não são invencíveis. O que eles são é uma equipe excepcionalmente bem construída e bem treinada. Mas, Brady não vai jogar para sempre. Ele mostrou sinais de ser humano no ano passado em uma série de ocasiões, incluindo o Super Bowl”.

– Kathy Berman, esposa do jornalista Chris Berman, da ESPN, faleceu na terça-feira em um acidente de carro na zona rural de Connecticut. A professora era casa com Chris a mais de 33 anos, teve dois filhas e morreu aos 67 anos.

– Daryl Washington, que estava suspenso por problemas de doping, recebeu permissão para voltar à NFL e o Arizona Cardinals não quer se apressar sobre uma decisão sobre o linebacker. “Não vejo isso como uma reunião de 30 minutos. Há muito o que precisa ser analisado porque não o vemos há três anos. Há muito mais no processo que passaremos do que uma reunião. Acho que todo mundo tem que estar confortável para colocá-lo de volta a campo”, disse o presidente e proprietário Michael Bidwill.

– O Carolina Panthers se impressionou com o defensive end Julius Peppers, 37 anos. “Julius está como sete anos atrás, quando tive a primeira oportunidade de treiná-lo”, afirmou Eric Washington, treinador da linha defensiva. “Ele ainda parece um jogador dinâmico. Eu não vejo muita coisa que mudou. Ele envelheceu muito bem”.

– Joe Namath, ex-quarterback do New York Jets, já declarou quem ele gostaria de ver como signal caller titular dos Jets. “Eu gostaria de ver (Cristian) Hackenber”, afirmou. “Acho que precisamos de alguém par ao futuro”.

– O torcedor do Los Angeles Rams recebeu uma grande notícia nesta quarta-feira. De acordo com Steve Wyche, da ‘NFL Network’, o general manager Les Snead disse que o quarterback Jared Goff “superou as expectativas”. Além disso, o jornalista relatou que Goff estaria “no ponto” e que ele entendeu bem o esquema do treinador Sean McVay.

– Andre Ellington está fazendo a transição de running back para wide receiver e Carson Palmer, quarterback do Arizona Cardinals, falou o que ele sentiu até agora. “Isso é difícil, mas ele faz boas rotas e isso me empolga. Uma vez que ele pega a bola, o que ele vai fazer com isso? Ele não é um receptor, ele é um corredor quando tem a bola”.

– Michael Bidwill, dono dos Cardinals, acredita que, mesmo com as baixas importantes que o time teve, sua franquia se recuperará de uma temporada de 7-8-1 com as adições da offseason e com os jogadores se recuperando.

“Temos que ficar um pouco mais saudáveis. Quando se olha para o ataque, a defesa, nós estávamos bem no ano passado embora houvesse jogadas que poderíamos ter feito que nos levariam ao topo. Eu acho que nas equipes especiais estávamos na 32ª posição na liga e por isso fizemos muitas mudanças nesse setor e o draft nos ajudou a conseguir profundidade de elenco”.

– Takkarist McKinley, defensive end do Atlanta Falcons, acredita que tem algo que ninguém tinha neste draft. “Eu sou implacável. Eu tenho coração. Eu tenho o melhor motor nesta classe de draft, sou apenas alguém que joga duro”.

– O running back Christine Michael visitou o New England Patriots na terça-feira. O jogador foi dispensado pelo Green Bay Packers no início do mês.

– O Minnesota Vikings assinou contrato com o wide receiver Michael Floyd, ex-New England Patriots. O acordo é de um ano e US$ 1,5 milhões, mas pode chegar a US$ 6 milhões com os incentivos.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top