NFL

Jamie Collins acerta retorno ao New England Patriots; veja mais transações

Jamie Collins, linebacker da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O New England Patriots chegou a um acordo com Jamie Collins nesta quarta-feira (15) e o linebacker está de volta a Foxborough.

A notícia, que foi dada em primeira mão pelo jornal ‘Boston Globe’, foi confirmada pelo jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e pela ‘ESPN’ norte-americana.

Collins foi selecionado pelos Pats na segunda rodada do draft de 2013, com a 52ª escolha geral, e ele jogou no time comandado por Bill Belichick até 2016, quando foi trocado com o Cleveland Browns no meio da temporada. O defensor então permaneceu na franquia de Ohio até março deste ano, quando foi dispensado.

Apesar do retorno, Collins terá que brigar por posição nos Pats, já que a organização está com bons nomes na posição.

Dont’a Hightower e Kyle Van Noy são titulares dos Patriots, enquanto que Ja’Whaun Bentley, selecionado na quinta rodada do draft de 2018, mostrou algum brilhantismo no começo do campeonato passado antes de ser colocado na injured reserva na semana 3.

O veterano Elandon Roberts, além de Christian Sam, escolhido na sexta rodada do draft do ano passado, também brigam por vagas no elenco final.

Collins liderou os Browns em tackles na temporada passada, com 104 no total, mas mesmo assim acabou sendo cortado. Ele ia faturar US$ 10 milhões em salário em 2019 e mais US$ 12 milhões em 2020, o que parece ter sido um dos motivos para a dispensa.

Além disso, mesmo sendo um bom linebackers, Collins nunca foi fora de série. Em 30 jogos como titular em Cleveland, ele somou apenas sete sacks e quatro interceptações. Mas nada disso foi uma jogada impressionante que mudou uma partida e justificou o fato de ele ser um dos linebackers mais bem pagos da NFL.

Confira mais movimentações e notícias de lesões na NFL nesta quarta (15):

– O Seattle Seahawks oficialmente acertou a contratação do quarterback reserva Geno Smith. Após uma visita do signal caller à organização, a franquia anunciou a assinatura.

Smith foi titular em 29 jogos em suas primeiras duas temporadas no New York Jets, time que o selecionou na segunda rodada do draft de 2013, mas se tornou um reserva na liga nos últimos quatro anos.

Nos últimos dois anos, ele foi reserva de Eli Manning no New York Jets e de Philip Rivers no Los Angeles Chargers, lançando um total de 40 passes em 2017 e 2018 somados.

Agora, ele ser reserva de mais um QB que não perde um jogo sequer e nunca se lesiona: Russell Wilson.

Geno Smith, que acertou 57,7% de seus passes para 6.182 jardas, 29 touchdowns e 36 interceptações em sua carreira até agora, vai competir com Paxton Lynch pelo posto de reserva direto de Wilson em Seattle.

– O San Francisco 49ers está prestes a adicionar mais uma opção de tight end em seu elenco. Segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, a equipe está trazendo Levine Toilolo.

Selecionado na quarta rodada do draft de 2013 pelo Atlanta Falcons, Toilolo passou a temporada 2018 no Detroit Lions. Lá, o jogador de 27 anos de idade fez 21 recepções para 263 jardas e um touchdown. Apesar dos números modestos, ele se tornou o principal TE dos Lions na reta final da temporada.

Toilolo tem familiaridade com o ataque de Kyle Shanahan, atual head coach dos Niners, já que trabalhou com o então coordenador ofensivo em Atlanta.

– O linebacker Ketner Kupp, um free agent não draftado, assinou com o Los Angeles Rams, como anunciou a equipe em seu Twitter oficial nesta quarta. Curiosamente, Ketner é o irmão mais novo de Cooper Kupp, wide receiver dos Rams que teve sua temporada 2018 encerrada precocemente devido a uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho.

Como seu irmão, Ketner Kupp fez a Universidade de Eastern Michigan. Ele atuou em 48 jogos no college football, somando 267 tackles, 12,5 para perda de jardas, e três sacks.

– O quarterback Colt McCoy está de volta ao Washington Redskins para as OTAs (organized team activities) e sua recuperação de fratura na fíbula está indo bem. Segundo o jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana, o signal caller deve participar um pouco do minicamp obrigatório, em junho, e deve estar totalmente pronto para o training camp, no final de julho.

McCoy fraturou a fíbula direita no dia 3 de dezembro, durante a derrota para o Philadelphia Eagles por 28 a 13, e isso encerrou sua temporada apenas no segundo jogo como titular. Ele estava substituindo Alex Smith, que também havia fraturado a fíbula e a tíbia semanas antes. Smith segue em recuperação e deve perder inclusive a temporada 2019, já que a contusão foi bem mais grave do que a de McCoy.

– O defensive end Taco Charlton, selecionado na primeira rodada do draft de 2017 pelo Dallas Cowboys, passou por uma artroscopia no tornozelo, mas deve estar pronto para o traning camp, no final de julho. A informação foi apurada pela jornalista Jane Slater, da ‘NFL Network’.

Charlton, que foi selecionado com a 28ª escolha geral em 2017, está vindo de duas primeiras temporadas decepcionantes na NFL. O pass rusher somou apenas quatro sacks em 27 jogos disputados (sete como titular).

As lesões limitaram o defensor a 11 jogos em 2018 e ele fez apenas um sack e 27 tackles combinados.

Comments
To Top