NFL

Jameis Winston treina junto com Adrian Peterson no Texas

Jameis Winston, quarterback do Tampa Bay Buccaneers

(Crédito: Instagram/reprodução)

Adrian Peterson segue disponível no mercado e o Tampa Bay Buccaneers não se movimentou para contratar o running back, mas o jogador agora despertou o interesse do técnico Dirk Koetter. Isso porque surgiu uma foto nas redes sociais nesta semana em que o ex-corredor do Minnesota Vikings aparece treinando ao lado do quarterback Jameis Winston, dos Bucs.

George Whitfield, treinador pessoal de Winston, que o ajuda a melhorar a mecânica do QB durante a offseason, publicou em seu Instagram uma imagem em que aparece ao lado de Peterson, Winston e de Tim Grover, treinador de condicionamento físico e força de Jameis Winston. A foto foi tirada em Houston, no Texas.

Whitfield também publicou uma foto na qual aparece ao lado de Winston, Peterson, DeSean Jackson e Mike Evans, wide receivers dos Buccaneers, e de James Harden, armador do Houston Rockets, depois da partida do time da NBA na noite da última terça (28).

Dirk Koetter, head coach dos Bucs, foi questionado nesta quarta (29) sobre a foto e, depois de rir bastante, ele confessou que a imagem o pegou de surpresa.

“Eu vi Adrian Peterson várias vezes, um dos melhores running backs da história”, falou Koetter, durante o encontro anual da NFL, em Phoenix.

Depois de uma longa pausa, o treinador acrescentou: “estou ansioso para falar com Jameis e perguntar a ele como foram os treinos dele”.

Koetter também elogiou seu quarterback por reunir seus recebedores em Houston para treinarem juntos durante a offseason.

“Eu serei honesto com vocês. A primeira coisa que pensei quando eu vi isso foi apenas: ‘Jameis é um cara tão incrível. Ele está em toda parte’. Sou simplesmente grato todos os dias por termos Jameis Winston em nosso time, porque o cara que sei que está pronto para trabalhar no dia 17 de abril (início das atividades de offseason) é Jameis Winston”, observou o head coach.

Adrian Peterson, que está com 32 anos de idade, se tornou um agente livre irrestrito no dia 9 de março, quando o Minnesota Vikings resolveu não exercer a opção prevista no contrato do running back para mantê-lo no elenco. Esta opção obrigaria o time a pagar US$ 18 milhões ao atleta em 2017.

Mesmo com seu grande histórico na liga, Peterson não recebeu grande interesse no mercado até o momento e rumores apontam que um dos motivos seria o alto valor pedido pelo running back para assinar. AP desmentiu isso.

Vale lembrar que o Tampa Bay Buccaneers não poderá contar com o running back Doug Martin nos primeiros três jogos da temporada 2017, já que ele ainda está cumprindo uma suspensão de quatro partidas por violar a política de substâncias proibidas pela NFL.

Será que, depois desse encontro, Winston pode convencer seu técnico a dar uma chance para Adrian Peterson em Tampa?

Comments
To Top