NFL

Jameis Winston é oficialmente suspenso pela NFL por três partidas

Jameis Winston, quarterback do Tampa Bay Buccaneers

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Jameis Winston, do Tampa Bay Buccaneers, foi suspenso pelos primeiros três jogos da temporada 2018 da National Football League por violar a política de conduta pessoal da liga.

A punição foi oficializada pela NFL nesta quinta-feira (28), depois de ter sido noticiada na semana passada.

O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, noticiou em primeira mão a oficialização da penalização ao signal caller.

Posteriormente, o jornalista Tom Pelissero, também da ‘NFL Network’, apurou que Winston não vai apelar da punição, de acordo com fontes, chamando a decisão da NFL de um “acordo negociado”.

Em sua decisão, a NFL “concluiu que Winston violou a política de conduta pessoal ao tocar a motorista de uma maneira inapropriada e sexual sem o consentimento dela e que a ação disciplinar era necessária e apropriada”.

Como parte de sua penalização, o quarterback dos Bucs terá que passar por uma avaliação clínica e cooperar plenamente em qualquer programa recomendado de intervenção terapêutica.

“A falha em obter a avaliação ou em cooperar com o tratamento resultará em mais punição. Além disso, uma violação futura da política de conduta pessoal resultará em uma disciplina mais substancial, incluindo um potencial banimento da NFL”, frisou a liga, em nota oficial.

Winston rapidamente emitiu um comunicado respondendo a decisão da liga, tomada depois de um suposto incidente de assédio sexual envolvendo o jogador e uma motorista de Uber, em Scottsdale, no Arizona, em março de 2016.

Durante uma corrida pelo aplicativo, o quarterback teria passado a mão nas partes íntimas da moça, que acabou registrando queixa diretamente com a Uber.

“A NFL me informou hoje que eu serei suspenso pelos primeiros três jogos da temporada”, escreveu Winston, em nota obtida por Rapoport.

“Em primeiro lugar, eu gostaria de pedir desculpas à motorista de Uber pela posição na qual a coloquei. Isso não é característico de mim e peço desculpas genuinamente. Nos últimos dois anos e meio, minha vida foi preenchida com experiências, oportunidades e eventos que me ajudaram a crescer, amadurecer e aprender, incluindo o fato de que eliminei o álcool da minha vida”, observou. “Eu sei que tenho que me manter em um padrão mais alto dentro e fora de campo e que tenho uma responsabilidade para com minha família, comunidade e companheiros de equipe por viver acima da plataforma com a qual Deus me abençoou. Peço desculpas aos meus companheiros, à organização Buccaneers e aos torcedores por decepcioná-los e por não poder estar lá nos primeiros três jogos da temporada. Embora eu esteja decepcionado com a decisão da NFL, entendo o processo da NFL e aproveito isso como uma oportunidade de aproveitar os recursos disponíveis para me ajudar a alcançar as metas que tenho para mim mesmo”, prosseguiu.

“Eu agora estou ansioso para deixar isso para trás e continuarei trabalhando duro todos os dias para ser uma influência positiva na minha comunidade e ser a melhor pessoa, companheiro de equipe e líder que eu puder ser”, finalizou o quarterback.

Atualmente com 24 anos de idade, Winston faz o pedido de desculpas depois de ele ter publicamente negado as acusações em novembro do ano passado, quando o incidente veio à tona através de uma reportagem publicada pelo ‘Buzzfeed’.

O Tampa Bay Buccaneers também soltou uma nota oficial após a suspensão de Winston ser oficializada.

“Todos os membros da nossa organização devem se conduzir de acordo com a Política de Conduta Pessoal da NFL. Estamos decepcionados por Winston ter se colocado em uma posição na qual ele acabou violando a política e aceitamos a decisão de hoje tomada pelo Comissário (Roger Goodell)”, afirmou o time.

A suspensão de Winston fará com que o quarterback perca jogos contra o New Orleans Saints, o Philadelphia Eagles e o Pittsburgh Steelers antes de poder retornar para o compromisso na semana 4 contra o Chicago Bears.

A punição começará oficialmente no dia 1º de setembro e deve terminar no dia 25 do mesmo mês.

Mesmo com a suspensão, o camisa 3 da franquia da Flórida pode participar dos treinos e jogos de pré-temporada dos Bucs.

A suspensão deixa Ryan Fitzpatrick e Ryan Griffin como os QBs que vão competir pela vaga de titular de maneira temporária. Tampa Bay também tem Austin Allen como quarterback no elenco.

Selecionado com a primeira escolha geral do draft de 2015 pelo Tampa Bay Buccaneers, Jameis Winston disputou 45 jogos de temporadas regulares na carreira até agora e acertou 60,8% de seus passes para 11.636 jardas, 69 touchdowns e 44 interceptações. Ele também correu 140 vezes para 513 jardas e oito TDs.

Comments
To Top