NFL

Jacksonville Jaguars coloca Nick Foles na IR; veja mais movimentações na NFL

Nick Foles, quarterback do Jacksonville Jaguars

O quarterback Nick Foles, titular do Jacksonville Jaguars, foi colocado na injured reserve pela equipe com uma designação provável de que irá retornar ainda nesta temporada 2019. A informação foi apurada por Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e confirmada pela franquia posteriormente.

Foles precisará ficar fora até novembro, na melhor das hipóteses.

O camisa 7 passou por cirurgia nesta segunda-feira (9) para reparar uma fratura em sua clavícula esquerda, sofrida no primeiro quarto da derrota para o Kansas City Chiefs por 40 a 26, neste último domingo.

Precisando de mais opções para a posição de QB de forma emergencial, os Jaguars anunciaram que eles acertaram uma troca com o Pittsburgh Steelers para adquirir o quarterback reserva Josh Dobbs. Rapoport acrescentou que os Steelers vão receber uma escolha de quinta rodada do draft de 2020 no acordo.

Dobbs, selecionado na quarta rodada do draft de 2017, só lançou 12 passes em sua carreira de três anos até agora.

Nick Foles acertou cinco passes de oito para 75 jardas e um touchdown em sua estreia com a camisa dos Jags antes de sair lesionado. O MVP do Super Bowl LII foi substituído pelo calouro Gardner Minshew, único outro QB no elenco de Jacksonville. E o novato não fez feio, acertando 22 passes de 25 para 275 jardas, dois touchdowns e uma interceptação.

Caso receba uma designação para retornar, Foles estaria disponível para atuar a partir da semana 10, contra o Houston Texans, em jogo do dia 3 de novembro.

Confira mais notícias de lesões e outras movimentações na NFL nesta segunda (9):

– O wide receiver Devin Funchess, do Indianapolis Colts, passou por cirurgia para reparar uma fratura na clavícula e será colocado na injured reserve, como disse o técnico Frank Reich nesta segunda. Se os Colts decidirem designar Funchess para retornar, o mais cedo que ele poderá voltar será na semana 10 contra o Miami Dolphins, já que, pelas regras, um atleta colocado na IR precisa ficar ao menos oito semanas afastado.

Funchess lesionou seu ombro ao tentar agarrar um passe no canto da end zone durante o final do tempo regulamentar da derrota por 30 a 24 para o Los Angeles Chargers, na prorrogação. Ele foi uma das principais contratações dos Colts na free agency, chegando para ser o WR número 2 ao lado do principal wideout T.Y. Hilton.

Também nos Colts, o wide receiver Marcus Johnson (concussão) foi liberado e será dispensado nesta segunda, como noticiou Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Johnson foi liberado/designação de lesionado pelos Colts e colocado na IR no dia 31 de agosto.

– O defensive tackle Malik Jackson, do Philadelphia Eagles, sofreu uma lesão “significativa” do pé durante a estreia contra o Washington Redskins, segundo o técnico Doug Pederson. O jogador de linha defensiva vai passar por mais exames para ver se cirurgia será necessária e para determinar se a contusão vai tirá-lo do restante da temporada. De qualquer forma, Jackson deve ficar afastado por um bom tempo.

Jackson se machucou no final do jogo e saiu de campo no carrinho-maca. Ele saiu do estádio usando uma bota protetora.

– Um ano depois de sofrer uma lesão grave no joelho esquerdo, o running back Derrius Guice agora está tendo problemas com o joelho direito. O jogador do Washington Redskins passou por uma ressonância magnética em seu joelho direito nesta segunda e deve ficar fora por algum tempo, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

Os Redskins esperam que Guice não precise passar por cirurgia e vão realizar uma avaliação completa para descartar todas as possibilidades, como acrescenta Rapoport.

O jogo contra o Philadelphia Eagles foi a estreia de Guice em uma partida de temporada regular, já que uma ruptura no ligamento cruzado anterior na pré-temporada de 2018 acabou com toda sua temporada de calouro na NFL.

– O Atlanta Falcons perdeu o offensive lineman calouro Chris Lindstrom, depois que o jogador sofreu fratura em um pequeno osso do pé. O jogador deve ficar em uma bota protetora por cerca de oito semanas, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. Lindstrom saiu do estádio utilizando uma bota após se machucar no terceiro quarto da derrota para o Minnesota Vikings.

Selecionado com a 14ª escolha geral do draft de 2019, Lindstrom chegou para ser titular de forma imediata na linha ofensiva dos Falcons. Agora, ele será colocado na injured reserve e Jamon Brown vai assumir o posto de right guard, como anunciou a equipe.

– No San Francisco 49ers, o running back Tevin Coleman sofreu uma entorse na parte alta do tornozelo durante a vitória sobre o Tampa Bay Buccaneers, como confirmou o técnico Kyle Shanahan nesta segunda. Coleman deve ficar afastado por um tempo por causa da contusão, mas o time não terá que colocá-lo na injured reserve. Os Niners devem avaliar Coleman semana a semana, de acordo com Shanahan.

– O wide receiver Tyreek Hill, do Kansas City Chiefs, ainda está sendo avaliado depois de sofrer uma contusão no ombro na semana 1 e pode levar “alguns dias” antes que seu futuro seja definido, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. As opções vão de perder alguns jogos até ir para a injured reserve com designação para retornar.

– No Cincinnati Bengals, o running back Joe Mixon (tornozelo) recebeu boas notícias nesta segunda, depois que os resultados da ressonância magnética foram bons, de acordo com Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. Com a lesão não sendo grave, Mixon tem uma chance real de jogar na semana 2 contra o San Francisco 49ers. O head coach Zac Taylor disse aos repórteres que Mixon será avaliado dia a dia.

– No Pittsburgh Steelers, os exames de raios-x realizados no dedo do pé do wide receiver JuJu Smith-Schuster deram negativo e não apontaram fratura, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. O wideout saiu mancando de campo no último quarto da derrota por 33 a 3 para o New England Patriots, no Sunday Night Football.

Já o cornerback Joe Haden sofreu uma entorse na junta acromioclavicular, de acordo com Rapoport.

– No Baltimore Ravens, o técnico John Harbaugh disse que o cornerback Jimmy Smith ficará fora por “várias” semanas com uma entorse de grau 2 no ligamento colateral medial do joelho. Sua ausência depende de como ele se sente. Smith fugiu de uma contusão mais grave.

– No Seattle Seahawks, o técnico Pete Carroll disse aos repórteres que ele não tinha atualizações sobre o defensive tackle Poona Ford (panturrilha), o tight end Will Dissly (joelho) e o cornerback Neiko Thorpe (músculo posterior da coxa), notando que todos eles estão com problemas depois de se lesionarem durante a vitória sobre o Cincinnati Bengals.

Segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, Ford sofreu uma distensão na panturrilha e será avaliado semana a semana.

Ainda de acordo com Pelissero, os Seahawks estão trazendo de volta o cornerback veterano Jamar Taylor.

– No New York Giants, o técnico Pat Shurmur disse aos repórteres que o wide receiver Sterling Shepard sofreu uma concussão durante a derrota para o Dallas Cowboys e está no protocolo de concussão. O offensive lineman Kevin Zeitler (ombro) e o linebacker Kareem Martin (joelho) também estão sendo avaliados.

– No New York Jets, o técnico Adam Gase disse que o linebacker C.J. Mosley (virilha) e o defensive end Quinnen Williams (tornozelo) não devem treinar na quarta. Williams foi visto nas instalações da equipe utilizando uma bota protetora e vai passar por uma ressonância magnética.

– No Los Angeles Chargers, o técnico Anthony Lynn disse que o wide receiver Mike Williams está tendo sua lesão no joelho avaliada e ele espera que não seja tão séria. Williams acrescentou que o kicker Michael Badgley, que perdeu a estreia devido a uma contusão na virilha, tem uma chance de jogar nesta semana contra o Detroit Lions.

– Para abrir espaço no elenco para o wide receiver Antonio Brown, o New England Patriots dispensou dois jogadores: o safety Obi Melifonwu e o tight end Lance Kendricks.

Segundo Mike Giardi, da ‘NFL Network’, Brown fica com a vaga deixada por Melifonwu, agora que o wide receiver assinou oficialmente com a equipe de Foxborough.

– O wide receiver Odell Beckham Jr., astro do Cleveland Browns, utilizou um relógio da marca Richard Mille durante a estreia contra o Tennessee Titans. E o acessório, avaliado em US$ 350 mil, violou uma regra da liga que proíbe o uso de objetos rígidos, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

Rapoport acrescentou que a NFL vai conversar sobre a infração com OBJ e os Browns, mas nenhuma punição é esperada. Odell fez sete recepções para 71 jardas na derrota para os Titans.

Em outra notícia dos Browns, o left tackle titular Greg Robinson deve tomar uma multa, mas não uma suspensão, por chutar o safety Kenny Vaccaro, dos Titans, no último domingo. A informação foi apurada por Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. Robinson foi expulso no final do segundo quarto da derrota por 43 a 13, após chutar Vaccaro na cabeça ao final da jogada.

“Nós não toleramos isso. Isso é inaceitável”, afirmou o head coach Freddie Kitchens, ao final da partida.

– O técnico Sean McVay, do Los Angeles Rams, disse que o safety Eric Weddle ainda está no protocolo de concussão, mas não apresentou quaisquer sintomas nesta segunda.

– O Carolina Panthers anunciou que os seguintes jogadores não participaram do treino antes do Thursday Night Football da semana 2: o safety Rashaan Gaulden (virilha), o defensive end Bruce Irvin (músculo posterior da coxa) e o tight end Greg Olsen. A equipe também trouxe uma atualização em relação ao tackle Greg Little, que está ficando mais próximo de um retorno depois de participar normalmente do treino desta segunda.

– O Tampa Bay Buccaneers anunciou que os seguintes jogadores não treinaram nesta segunda antes do Thursday Night Football contra o Carolina Panthers: o safety Justin Evans (tendão de Aquiles) e o quarterback Blaine Gabbert (ombro esquerdo).

Os Bucs informaram ao offensive lineman Caleb Benenoch que ele está sendo dispensado, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Selecionado na quinta rodada do draft de 2016, ele foi titular nos 16 jogos dos Bucs na temporada 2016. Contudo, ele esteve em campo em apenas quatro snaps ofensivos durante a derrota para o San Francisco 49ers neste domingo.

– O Houston Texans anunciou que os seguintes jogadores estão inativos para o Monday Night Football contra o New Orleans Saints: o wide receiver Keke Coutee, os cornerbacks Xavier Crawford e Cornell Armstrong, o guard/center Greg Mancz, o tackle/guard Tytus Howard, o tight end Logan Paulsen e o defensive end Charles Omenihu.

– O New Orleans Saints terá os seguintes jogadores inativos para esta noite contra o Houston Texans: o cornerback Ken Crawley, o safety Saquan Hampton, o linebacker Craig Robertson (músculo posterior da coxa), o offensive lineman Ethan Greenidge, o wide receiver Austin Carr, o defensive end Mario Edwards Jr. (músculo posterior da coxa) e o defensive tackle Sheldon Rankins (tendão de Aquiles).

– No Oakland Raiders, o cornerback Gareon Conley foi removido de campo de maca no terceiro quarto da vitória sobre o Denver Broncos. Conley estava tentando dar um tackle no running back Royce Freeman, dos Broncos, na lateral do campo quando seu companheiro de defesa Johnathan Abram também tentou dar um tackle no RB. Abram acertou Freeman com seu capacete, mas a perna do safety acertou Conley no topo do capacete enquanto o cornerback estava no chão.

Conley ficou caído no gramado por 10 minutos, enquanto era atendido pelos médicos, e saiu de campo de maca. Ele fez um sinal de positivo para a torcida enquanto era removido.

O time rapidamente o descartou para o restante da partida com uma lesão no pescoço. O técnico Jon Gruden afirmou após a partida que a contusão de Conley não é tão séria quanto parecia.

“Recebi boas palavras sobre ele de que ele vai ficar bem. Eu não sei o status dele para o próximo jogo, mas, mais importante, o garoto está bem. Essa foi uma pancada assustadora que ele tomou, mas todos os relatórios que tenho são muito, muito positivos”, frisou o head coach.

– No Denver Broncos, o offensive tackle Ja’Wuan James saiu no primeiro quarto da derrota para o Oakland Raiders com uma aparente lesão na perna esquerda. Ele começou a sair de campo, mas então teve que se sentar antes de sair caminhando vagarosamente.

Já o wide receiver Tim Patrick machucou a mão.

Comments
To Top