NFL

Jacksonville Jaguars não exerce opção e Kelvin Beachum pode ser agente livre

Kelvin Beachum, offensive tackle da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Jacksonville Jaguars não exerceu a opção de quatro anos no contrato do left tackle Kelvin Beachum, na última quarta-feira (15), mas isso não significa que o jogador não vai seguir na equipe. O atleta pode ser tornar um agente livre no dia 9 de março, mas até lá as duas partes terão a chance de acertar um novo contrato.

Ao não exercer a opção no contrato, contudo, a franquia da Flórida corre o risco de Beachum optar por ‘testar’ o mercado e assinar com outro time.

Caso fique sem Kelvin Beachum, o time de Jacksonville teria que achar um novo offensive tackle por meio da free agency (nomes como Matt Kalil e Riley Reiff estarão disponíveis) ou então por meio do draft de 2017.

Grandes left tackles raramente ficam disponíveis na free agency e, para obter um jogador como Kalil e Reiff, mesmo ambos não sendo de elite na NFL, os Jaguars precisariam desembolsar um valor considerável.

De acordo com Mel Kiper Jr., especialista em draft da ‘ESPN’, os dois melhores offensive tackles à disposição no draft deste ano são Garett Bolles e Cam Robinson.

Outra opção para Jacksonville é assinar um novo contrato com Luke Joeckel e mover o atleta da posição de left guard para a de left tackle.

Kelvin Beachum, que sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho em 2015, retornou na temporada passada e foi titular em 15 partidas, perdendo apenas um jogo do time devido a uma concussão. O camisa 68 foi uma parte importante da linha ofensiva que cedeu apenas 34 sacks, menor marca dos Jaguars desde 2007, quando o quarterback do time sofreu apenas 31.

Atualmente com 27 anos de idade, Beachum lidou com dores e inchaço no joelho durante o campeonato, mas isso era esperado depois da cirurgia no joelho e do desgaste de atuar na posição.

Beachum assinou um contrato de um ano com uma opção de quatro anos com os Jaguars em março e faturou US$ 5 milhões em 2016. Se o time tivesse exercido a opção, o tackle teria um salário-base de US$ 7,5 milhões em 2017 e US$ 5,5 milhões do salário-base de US$ 8,5 milhões para 2018 seriam garantidos.

Em outras notícias de negociações dos Jaguars, o time assinou novos contratos com o quarterback reserva Chad Henne e com o wide receiver Arrelious Benn. Os detalhes dos acordos não foram divulgados.

Comments
To Top