NFL

Jacksonville Jaguars dispensa o nose tackle Roy Miller

Roy Miller, defensive tackle da NFL

(Crédito: Jacksonville Jaguars/divulgação)

O Jacksonville Jaguars cortou o nose tackle veterano Roy Miller na tarde deste domingo (12), encerrando uma passagem de quatro temporadas do defensor pela organização da Flórida. O defensive tackle era um dos atletas de maior prestígio no elenco.

Na temporada 2016, o camisa 97 perdeu dez jogos devido a uma ruptura no tendão de Aquiles e ele ia faturar um bônus de elenco no valor de US$ 400 mil caso ainda estivesse na equipe nesta segunda-feira (13).

Em sua passagem pela organização, Roy Miller disputou 50 jogos (todos como titular) e somou 104 tackles combinados e cinco sacks, além de um fumble forçado e dois passes desviados.

O defensive tackle foi selecionado na terceira rodada do draft de 2009 pelo Tampa Bay Buccaneers, com a 81ª escolha geral, e passou suas quatro primeiras temporadas como profissional nos Bucs, antes de chegar aos Jags em 2013.

Ele assinou um contrato de dois anos com os Jaguars em 2013 e o time o recompensou com uma extensão de quatro anos de duração no final da temporada 2014. Ele ia faturar US$ 3,6 milhões na temporada 2017.

Atualmente com 29 anos de idade, Miller era um dos líderes dos Jaguars e, costumeiramente, liderava o grito no huddle antes dos jogos.

Em sua carreira de oito temporadas na NFL até agora, Miller soma 244 tackles, oito sacks, quatro passes defendidos e um fumble forçado.

Comments
To Top